Nossos Leitores Obrigado Por Ler

WINDECK UMA NOVELA DE LUANDA EM LINGUAGEM SIMPLES EM PORTUGUES SOM ORIGINAL NA TV BRASIL


Vitória quer riqueza fácil e rápida, nem que para isso tenha de colocar em risco o futuro de Ana Maria. Vitória não tem qualquer problema em pôr o emprego da irmã em risco para conquistarKiluanji. Se Ana Maria faltar à sessão fotográfica com Adele, Rosa não vai perder a oportunidade de demitir a fotógrafa e aí ela tem o caminho livre para chegar até Kiluanji.

Vitória não entende o que Rosa tem contra ela, mas já percebeu que a mulher está disposta a complicar sua vida. Ela está decidida a saber tudo sobre Rosa e acabar com a sua raça antes que esta descubra algo sobre seus planos. Parece, no entanto, que a vontade é mútua. É que Rosa também quer saber tudo sobre a sua inimiga e chantageia Henda: ou ele aceita a sua proposta e conta-lhe tudo sobre Vitória ou o emprego dele fica em risco.


Produção angolana, a novela Windeck se passa em Luanda, na África. O folhetim, recheado de glamour e poder, mostra o que algumas pessoas são capazes de fazer para obter riqueza fácil e rápida e revela os golpes daqueles que não medem esforços para alcançar seus fins.

A história é centrada nos bastidores da revista Divo, onde glamour se mistura a ambição.
A novela é também uma história de pessoas reais e revela as tradições e os sabores angolanos. Na empresa de catering Mufete, Nazaré cozinha deliciosas receitas, um negócio criado pelo filho,Yuri, e o seu sócio italiano, Giorgio. Eles também querem ter sucesso e triunfar na vida, mas com trabalho honesto e longe dos esquemas fáceis.

A MORTE DA MISS MARIA JOSE ALVARADO PODE TER SIDO FEITO POR TRAFICANTES DE DROGAS, SUSPEITO PLUTARCO ANTONIO RUIZ RODRIGUES

Maria José Alvarado, 19, estava desaparecida desde o dia 13; ela viajaria para a Grã-Bretanha para participar do Miss Mundo.A polícia de Honduras confirmou nesta quarta-feira (19) que a miss María José Alvarado, que estava desaparecida desde o dia 13, foi encontrada morta.


A jovem participaria do Miss Mundo – um dos três maiores concursos de beleza da atualidade – nesta semana em Londres. A modelo desapareceu no último dia 13 de novembro na região de Santa Bárbara, conhecida pela atuação de criminosos envolvidos com o tráfico de drogas.
Segundo o chefe da Direção Nacional de Investigação Criminal, Leandro Osorio, o corpo da irmã da miss, Sofía Trinidad, também foi localizado. Os corpos foram encontrados na terça no vilarejo Cablotales, perto do rio Aguagua.
O chefe da polícia indicou que as jovens provavelmente foram mortas pelo namorado de Sofia, identificado como Plutarco Antonio Ruíz Rodríguez. Com o suspeito foi encontrada uma arma que pode ter sido usada no crime. O veículo em que os corpos teriam sido transportados também foi apreendido.

A jovem de 19 anos havia acabado de chegar em casa após uma viagem à capital hondurenha, Tegucigalpa, onde recebeu as últimas instruções e as roupas para participar do concurso de beleza internacional.
Ela e a irmã foram vistas pela última vez pela mãe delas, María Tereza Muñoz, quando saíram de casa para participar da festa de aniversário do namorado de Trinidad


JÁ ESTAMOS VIRANDO BRAZUELA

Em algumas  edições  do JORNAL GAZETA CENTRAL E IRBING INTERNACIONAL, nós já  víamos denunciando  o propósito  do Foro de  São Paulo, para  o Brasil Venezuela e América latina, mas, as pessoas  vivem  numa  alienação de que nada  disso  iria acontecer, velho engano.


Estamos  encaminhando para  o Rumo ao Totalistarismo Se a sociedade não reagir, o governo Dilma vai aderir totalmente à Federação das Repúblicas Bolivarianas.

O Bolivarianismo é o  novo nome atual do socialismo(comunismo, tudo a mesma porcaria) e o PT com ajuda do PSDB e outras facções chamadas partidos e Sociedade Civil Organizada e Forças Armadas ( ONGS controladas pelo PT  e PCdoB tais como OAB,UNE,MST,CUT, MTST, MCCE e outras) estão levando o Brasil  para o Totalitarismo Comunista da tal "Patria Grande"  URSAL -União das Republicas Socialistas da América tudo armado pelo Foro de São Paulo (organização da esquerda latino americana criada por Lula e seu mestre Fidel "Genocida" Castro) e contam com o aval, apoio do povo através da tal "REFORMA POLÍTICA" e CONSTITUINTE EXCLUSIVA, se os BRASILEIROS NÃO ACORDAREM, SE MOBILIZAREM ACORDARÃO EM CUZIL OU BRAZUELA  a Nova Denominação da República de Bananas essa é verdade dos Fatos, está em suas mãos ser livre ou ser escravo dos comunistas do PT para o resto de sua vida com toda a sua descendência.

O PT não precisou do terceiro (e outros) mandatos ou ainda não se achou forte para esse teste em nossas instituições. Uma das facetas mais preocupantes do “bolivarianismo” está na censura à imprensa. Desde aquele longínquo 2004 em que se tentou criar o CFJ (Conselho Federal de Jornalismo) até na semana passada, quando o PT emitiu uma nota que não esconde sua tendência totalitária, e a presidente reeleita manifestou seu apoio. 


Nessa nota o partido investe contra monopólios e oligopólios da imprensa, deixando claríssimo que pretende fazer aqui o que já se fez ou ainda se faz na Argentina, na Bolívia no Equador, na Venezuela. A nota só falta dizer com todas as letras que o PT vai fulminar a Rede Globo. Está claro nas legíveis entrelinhas. Tal nota muito se parece com aquelas saídas do Partido Comunista da União Soviética (PCUS), e publicadas aqui no clandestino jornal “Voz Operária”, financiado por Moscou na Guerra Fria.

Se o governo não prende (ainda) opositores, nem por isso deixa de se acumpliciar com os bolivarianos nesse crime. O senador boliviano Roger Pinto Molina que o diga. A solidariedade a ditaduras fica para outro dia. É assunto enorme, até porque se liga à solidariedade com os próprios “bolivarianos”, para quem o governo petista tem entregado boa parte dos recursos pagos em impostos pelo povo brasileiro. Não podemos nos descuidar.


STF A FORÇA DO MUNDO JURÍDICO PODE CAÇAR O DIPLOMA DE DILMA CASO AS CONTAS DO GOVERNO NÃO PASSE ESSE REMÉDIO PODE EXIGIR A RENUNCIA DE NICOLAS MADURO OU A DEVOLUÇÃO DOS RECURSOS NOSSOS DESVIADOS PELO GOVERNO VENEZUELANO

Alguma  coisa  esta  fora  da Ordem  do Mundo  Jurídico, as vira voltas, no caso de  uma Presidenta  que  foi  ou  não  eleita, curvas estão se encaminhando  para  dois  finais  de um caminho, chamando atenção  para  os  eleitores  tanto  do  PT  como  dos demais  partidos  políticos, um caminho que  nem  o  Fernando Collor de  Mello  enfrentou, a  força  do  Mundo  Jurídico.


Se  o Congresso  fosse  mais  sério, não  haveria  a  utilidade da  tal FORÇA  JURÍDICA, mas,  infelizmente  há  corruptores e corruptos dentro  do sistema  Legislativo, esse  câncer  precisa  de um remédio  o mais  rápido  possível, esse  remédio  pode  trazer a cura  dessa moléstia.

Talvez, esse  remédio  pode  sair  dentro  do  STF, ele  já  é conhecido  na  América Latina,  foi aplicado  no Paraguai, pois, esperar  de um Congresso  quase  morto,  é  difícil o tempo  não retorna  atrás, o processo de impeachment exige aprovação de 2/3 do Congresso. Já a rejeição das contas impede a diplomação. A decisão fica com o Judiciário.


O Brasil, precisa de uma  solução  o mais  rápido possível, Se a  rejeição  das  contas  do governo podem ser  o não esse  remédio, mas é o único caminho Democrático sem ferir a  Constituição e salvar  o País  de um outro  golpe, o chamado Revolução  Bolivariana, inclusive abrir processo criminal  até  para  o Nicolas Maduro, exigindo que ele devolva  todos  os recursos  que foram investidos  na Venezuela, ou a  sua  própria renuncia.

Em algumas  semanas  o STF, poderá  escrever  uma história  em sua  vida de existência sair  como Herói e não como  o traidor da  Pátria,  é  uma  moral de lição que  eles senhores  Ministros está  devendo  ao País, quando  libertaram  os acusados  de  roubar a Nação.

Seria, ficar  neutro, não importa  se  foi a  DILMA, que os nomeou, ou  LULA, ou  ainda se  fosse AÉCIO NEVES, se  ganhasse as  eleições, importa ser parcial e  não  convivente  com  os criminosos  no poder.


Alguns podem interpretar  que essa  atitude seria uma operação de golpe sem impeachment, articulado pelo Ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) Antonio Dias Toffoli em conluio com seu colega Gilmar Mendes.
Mas, na atual situação  em que  o País  se encontra será  o melhor  caminho que  se possa  ter e o SFT, nos  deve  isso, a sua  credibilidade  moral e parcial em suas  decisões. O desfecho será daqui a algumas semanas.
Os  caminhos  poderão ser  estranhos, mas, necessários, para  o bem comum de  todos:
1. Na quinta-feira passada, dia 13, encerrou o mandato do Ministro Henrique Neves no TSE. Os ministros podem ser reconduzidos uma vez ao cargo. Presidente do TSE, Toffoli encaminhou uma lista tríplice à presidente Dilma Rousseff. Toffoli esperava que Neves fosse reconduzido ao cargo (http://tinyurl.com/pxpzg5y).
2. Dilma estava fora do país e a recondução não foi automática. Descontente com a não nomeação, 14 horas depois do vencimento do mandato de Neves, Toffoli redistribuiu seus processos. Dentre milhares de processos, os dois principais - referentes às contas de campanha de Dilma - foram distribuídos para Gilmar Mendes. 
3. O Ministério Público Eleitoral, através do Procurador Eugênio Aragão, pronunciou-se contrário à redistribuição. Aragão invocou o artigo 16, parágrafo 8 do Regimento Interno do TSE, que determina que, em caso de vacância do Ministro efetivo, o encaminhamento dos processos será para o Ministro substituto da mesma classe. 
4. Gilmar alegou que já se passavam trinta dias do final do mandato de Neves. Na verdade, Toffoli redistribuiu os processos apenas 14 horas depois de vencer o mandato.
5. A reação de Gilmar foi determinar que sua assessoria examine as contas do TSE e informe as diligências já requeridas nas ações de prestação de contas. 
Com o poder de investigar as contas, Gilmar poderá se aferrar a qualquer detalhe para impugná-las. Impugnando-as, não haverá diplomação de Dilma no dia 18 de dezembro.
O golpe final - já planejado - consistirá em trabalhar um curioso conceito de Caixa 1. Gilmar alegará que algum financiamento oficial de campanha, isto é Caixa 1, tem alguma relação com os recursos denunciados pela Operação Lava Jato. Aproveitará o enorme alarido em torno da Operação para consumar o golpe.
Toffoli foi indicado para o cargo pelo ex-presidente Lula. Até o episódio atual, arriscava-se a passar para a história como um dos mais despreparados Ministros do STF.
Se houver alguma ilegalidade na prestação de contas, que se cumpra a lei. 


MAIS MÉDICO EM MONTE CLAROS ALTEROSA ABANDONOU O PROGRAMA DA DILMA ELES DENUNCIAM FORAM ENGANADOS

Dois médicos cubanos, que disputou os programa de saúde brasileiro empregos "Mais médicos" em Montes Claros, Alterosa, abandonaram o trabalho, de acordo com notícias anunciadas na imprensa daquela cidade no estado de Minas Gerais.

A informação foi confirmada pelos próprios médicos, redes sociais e da saúde de Cuba
Doutor Yoan Jiménez publicou em seu perfil que tinha vindo para os Estados Unidos.
"Para mim foi ótimo viver no Brasil... o bom povo de 'mais'... beijos"

Outro médico viajou com Jimenez, Frank Alberto Mesa, quem aparece na foto de seu perfil no representante de duas fotos de 8th Street em Miami.

Os dois chegaram ao Brasil em março, na segunda fase do programa implementado pelo governo de Dilma Rousseff.
Anteriormente, outros 9 médicos deixaram o programa do Brasil.

O galenos Okanis Borrego e Raúl Vargas, participantes do programa mais médicos desde novembro passado, entrou para a lista de deserções da missão no Brasil, que já registrou nove casos desde o seu lançamento em agosto de 2013.

Em conferência de imprensa convocada em São Paulo pela Associação Brasileira médica (WBA), entidade que prestou apoio aos profissionais de dois cubanos para alcançar o abandono do plano de missão, os médicos alegaram que o motivo que levou a esta decisão sentir "enganado pelo governo cubano". 

"Desde que veio à luz, com Ramona Matos, a diferença de salário entre médicos cubanos e os outros médicos estrangeiros, eu pensei que eu estava traindo e eu decidi que era hora de abandonar este programa", disse Vargas, de 51 anos. Vargas é Havana.

Borrego, 29 anos de idade, vem da cidade de San Juan y Martinez, na província de Pinar del Rio. Conforme explicou o médico cubano, só conheceram e assinou o contrato para trabalhar no dia em que deixou o país. 

Chegando no Brasil, já com mais acesso à informação, encontraram-se as diferenças salariais entre o que o governo brasileiro paga a todos os participantes no programa, independentemente da sua nacionalidade, e o povo cubano percebe.

Aproximadamente $5.000 dólares que o Brasil oferece para cada profissional, o governo cubano - através da Organização Pan-Americana da saúde são deixadas com 4 mil, reduzindo o salário dos cubanos a apenas 1000 dólares. 

Um valor, de acordo com Borrego e Vargas, apoio insuficiente no Brasil. "Que porque eu não fumo, os companheiros que eles fumam são negros", disse Vargas. Queixas e mais queixas

Médicos cubanos tornado público o contrato assinado entre eles e os comércio empresa Comercializadora de serviços médicos cubanos cubanos S.A. estabelece a divisão do "subsídio" em honorários, $600 dólares depositados em uma conta em Cuba e US $400 dólares mais pagamentos no Brasil.

Após amplas críticas de vários setores da sociedade brasileira em relação ao pagamento dos servidores cubanos, em fevereiro deste ano o governo do Brasil anunciou um aumento de salário de US $ 245 e a incorporação do valor depositado em Cuba para o salário pago no Brasil. 

De acordo com o Dr. Vargas, no mês seguinte de aumento médicos cubanos no Brasil, que já passou de 7.000 na época, não tinha nenhum salário. "Eles nos pagaram nada em março, nenhum médico cubano alegou esse mês,", disse Vargas.

Outra violação citada por médicos foi a subtração de pagamento estipulado pelo programa de alojamento inicial. O dinheiro destina-se a compra de utensílios como panelas, eletrodomésticos, camas e movendo-se os custos de cobertura. Um valor que, dependendo da região, varia de US $5.000 a $15.000, como se trata de ser em casos de profissionais localizados nos territórios da Amazônia e áreas indígenas.


Apesar de estar em uma região complexa, onde ele é acessado através da chuva, médicos cubanos receberam apenas US $ 1.000 para fins de instalação. 

A casa foi dividida com dois médicos cubanos e acesso à internet tão precário ao ponto de impedir-lhes o obrigatório de formação que determina o programa. A proibição de circulação é outra alegações lançado pelo galenos.

Como revelado, para deixar a cidade deve informar o cubano oficial responsável pelo sector da onde eles estavam localizados. Vargas revelaram que o sistema de controle é ineficiente, dado o baixo número de cabeças, as dimensões do Brasil e o grande número de profissionais cubanos que atuam no Brasil.

Planejamento saída mesmo em casos essenciais, tais como deixar a vila para ir a cidade mais próxima para comprar roupas, o padrão é escrever para a pessoa responsável, que fica a centenas de quilômetros de distância, e esperar por uma autorização, descrito Vargas. 

Perante esta situação, a escolha foi deixar sem permissão. "Eu fui para o Carnaval em Altamira, sem avisar ninguém,", disse Vargas. Borrego e Vargas exerceram em Senador José Porfírio, uma comunidade complexa de pouco mais de 13 m

SÃO MAIS DE 1.300 COMISSÕES DE VIZINHOS PARA CONFRONTO DAS ILEGALIDADES

CIEGO DE Avila. - a criação de mais de 1 300 comissões de vizinhos nesta província, para o confronto das ilegalidades e os bairros de indisciplines social é um dos pontos fortes do quarto processo de responsabilização do círculo eleitoral do delegado, correspondente ao termo 15 das assembléias municipais do poder popular.

Esperanza Alomar Huerta, Secretário de órgão de estado no poder cego de Ávila, explicou ao Granma que, incluindo as circunscrições, há mais de 1 800 reuniões por áreas de residência, feita que se aproxima o processo os vizinhos em ambas as bolsas estão mais familiarizados e constituem um espaço de encontro para o bem comum.

Argumentou que total, as maiores comissões do número (541) formavam a fim de resolver os problemas na Comunidade e outros 381 para análise, não depende totalmente de sua solução de eleitores.

Os indisciplines que é dada especial atenção incluem o despejo de resíduos em áreas não autorizadas, a criação de suínos em locais inadequados, ruídos que afectam a tranquilidade do cidadão durante a noite, actos de vandalismo contra telefonia pública e as violações de regras urbanas.

ALOMAR Huerta salientou que 3 791 formuladas abordagens na província até agora, 44,5% requerem a participação popular e está relacionadas com a manutenção das áreas de esportes, eliminação de microvertederos, limpeza e embelezamento das comunidades e contribuiu para a construção de obras sociais.

MINISTRO HENRIQUE NEVES ENCERRA O PRIMEIRO BIÊNIO NO TSE

O ministro Henrique Neves participou, nesta quinta-feira (13), de sua última sessão plenária referente ao encerramento do primeiro biênio como ministro efetivo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os ministros do TSE podem ser reconduzidos uma única vez para o mesmo cargo na Corte, seja na qualidade de ministro titular ou substituto.
O presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, informou que o nome do ministro Henrique Neves consta de lista tríplice, juntamente com os dos ministros substitutos da Corte Admar Gonzaga e Tarcisio Vieira de Carvalho. A relação foi encaminhada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a presidente Dilma Rousseff para que ela escolha um dos indicados, pela classe dos advogados, para compor a Corte Eleitoral como ministro titular para um mandato de dois anos.
“Nossa expectativa, ministro Henrique Neves, é que se mantenha a tradição de dar recondução [para um segundo biênio no TSE]. De qualquer sorte, aguardamos o ato, decisão soberana da presidente da República, na forma da Constituição”, disse o presidente do TSE. 
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é composto por, no mínimo, sete ministros titulares. Três ministros efetivos são provenientes do STF, dois são do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e dois são oriundos da advocacia.
Em nome do Plenário, o ministro Dias Toffoli agradeceu pelos dois biênios (2008 a 2012) em que o ministro Henrique Neves foi integrante substituto na Corte e também pelo período no qual foi ministro efetivo (2012 a 2014).
“Temos a expectativa que o vosso nome será novamente referendado pela presidente Dilma Rousseff. Então não é, a meu ver, uma cerimônia de despedida. Mas fica o registro do término do primeiro biênio de Vossa Excelência”, completou o ministro.    

EM CUBA, MOTORISTAS ESTÃO SE SUICIDANDO 500 PESSOAS MORTAS E 8.412 ACIDENTES NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2014

Entre as principais causas de acidentes são o consumo de álcool, drogas ou medicamentos, olha no espelho, maquiagem, comendo e bebendo quando você dirige.
Cuba registrou 8,412 acidentes de trânsito que matou mais de 500 pessoas, entre os meses de Janeiro e setembro deste ano, noticiou terça-feira a Comissão Nacional de estrada segurança (conservador) da ilha informou à Agência EFE.

Nos primeiros nove meses de 2014, informou 29 mortes e 504 mais feridos em comparação ao mesmo período do ano anterior por causa de acidentes de trânsito.
No total foram 6,545 ferimentos causados pelo acidente de veículos acima e estacionado, sobreposições, abusos, fixada os obstáculos, cai por falésias e pessoas em automóveis, ciclistas e pedestres, segundo a fonte.

Além dos diferentes tipos de veículos foram envolvidos no sinistros caminhões leves, motocicletas, bicicletas, caminhões de passageiros e de carga, microônibus, ambulâncias, cunhas e ônibus, entre outros.

O conservador começou há um mês uma de suas últimas campanhas anuais de informação e vigilância para evitar distração durante a condução, fazendo com que quase um terço dos acidentes de trânsito no país, de acordo com especialistas.

Nesse sentido, eles foram detectados como causas de acidentes, o fato de dirigir sob influência de álcool, drogas e substâncias psicotrópicas, olhe no espelho, maquiagem, comendo e bebendo durante a condução, consultar um mapa ou ler o jornal ou falar com um passageiro.

As violações de código de segurança de estrada principal incluem excesso de velocidade, desobedecendo as alterações de semáforos e negligência dos peões, ultrapassagem indevida, estacionamento indevido, avarias técnicas e transporte de massa.
As estatísticas oficiais gravou um total de 11,685 eventos deste tipo com um saldo de 687 mortes em 2013.

JERUSALEM QUATRO RABINOS FORAM ASSASSINADOS

O ataque a tiros e facadas, cometido por palestinos nesta terça-feira na sinagoga de Har Nof, é o mais grave de uma série de incidentes de caráter religioso ocorridos em Jerusalém nas últimas semanas.
As vítimas do ataque são quatro rabinos, que foram assassinados durante a oração matinal, em um bairro ultraortodoxo. Outras sete pessoas ficaram feridas, e os autores do atentado – dois palestinos de Jerusalém Oriental - foram mortos pela polícia.
Essa nova onda de violência começou no início deste mês, em meio a uma campanha movida por políticos da extrema-direita israelense em prol do "direito à oração de judeus" em um local sensível aos muçulmanos, dentro da Cidade Velha.
Como parte da campanha, alguns políticos e ativistas israelenses entraram na Esplanada das Mesquitas, terceiro lugar mais sagrado para a religião islâmica, despertando a fúria de fiéis palestinos que temem a concretização de promessas de "construir o Terceiro Templo no Monte do Templo", no lugar das Mesquitas de El Aqsa e do Domo da Rocha.
No dia 5 de novembro, policiais israelenses entraram na própria Mesquita de El Aqsa em busca de jovens que haviam jogado pedras, gerando uma escalada da tensão em Jerusalém e duros protestos por parte da Jordânia, que convocou seu embaixador em Israel para consultas.
Do ponto de vista da religião islâmica, a entrada de policiais "de botas" na área da Mesquita foi considerada uma "profanação" do santuário, já que a tradição proíbe que pessoas entrem calçadas no local sagrado.

'Provocações'

O presidente palestino, Mahmoud Abbas, acusou Israel de fazer "provocações" religiosas e de "profanar" a mesquita. "As provocações de Israel podem levar o conflito a uma guerra religiosa", advertiu Abbas.
Em resposta, o chanceler de Israel, Avigdor Lieberman, acusou o presidente palestino de "incitamento antissemita".
No mesmo dia da entrada na mesquita pelos policiais, um palestino atropelou israelenses que estavam em uma estação de trem, matando duas pessoas e ferindo mais oito.
A esse atentado se seguiram outros ataques, nos quais palestinos utilizaram carros e facas como armas contra israelenses nas cidades de Jerusalém e Tel Aviv e também na Cisjordânia.
Essa nova onda de violência, que teve como estopim as tensões envolvendo a Esplanada das Mesquitas, já deixou 10 mortos do lado israelense e 14 do lado palestino, incluindo os autores dos ataques.
"Amplia-se o componente religioso no conflito com os palestinos", afirmou o analista Amos Harel, em artigo no jornal Haaretz. "A nova onda de terror começa a assumir caracteristicas de uma guerra religiosa."
"É bem provável que o alvo do grave atentado desta terça – a sinagoga do bairro de Har Nof – não tenha sido escolhido por acaso. Trata-se de um alvo explicitamente religioso, no contexto de um confronto religioso. É quase desnecessário explicar o quanto essa motivação é perigosa", prosseguiu Harel.
O prefeito de Jerusalém, Nir Barkat, conclamou a população a manter a calma e advertiu sobre o perigo de possíveis represálias por parte de israelenses contra palestinos. "Não tomem a lei em suas mãos", disse o prefeito.
O ministro da Polícia, Itzhak Aharonovitz, prometeu medidas duras "contra os terroristas, seus chefes e suas famílias".
Aharonovitz também defendeu a diminuição das restrições ao porte da armas "para que haja mais mãos (atirando) contra terroristas que decidam cometer atentados".

Reações

O ataque desta terça-feira foi reivindicado pelo grupo nacionalista palestino Brigadas de Abu Ali Mustafa, braço militar da Frente Popular pela Libertação da Palestina, que também esteve por trás de atentados prévios.
O presidente palestino, Abbas, emitiu comunicado condenando "o ataque de judeus em seu local de oração e a morte de civis".
Na Faixa de Gaza, em contrapartida, o ataque foi comemorado, e o grupo radical Hamas, que administra a região, disse que ele foi uma vingança pela morte de um motorista de ônibus palestino encontrado enforcado dentro de um veículo em Jerusalém na segunda-feira. A polícia israelense havia considerado o caso um suicídio.

BRASIL: LEI AUREA PERDE VALIDADE E AGORA TEMOS 155 MIL ESCRAVOS EM PLENO SÉCULO 21

O Brasil, apesar de ter um dos menores índices de escravidão do continente americano (atrás de Canadá, EUA e Cuba), ainda abriga 155,3 mil pessoas nessa situação, que abrange desde trabalho forçado ou por dívidas, tráfico humano ou sexual até casamentos forçados, em que uma das partes é subserviente.
"Depois da Europa, o continente americano é a região com a menor prevalência de escravatura moderna no mundo. Ainda assim, cerca de 1,28 milhão de pessoas (no continente) são vítimas de escravatura, na sua maioria por meio do tráfico sexual e exploração laboral, (sobretudo) trabalhadores agrícolas com baixas qualificações e elevada mobilidade", diz o relatório.
Índia, China e Paquistão são os países do mundo com o maior número absoluto de pessoas escravizadas (14,2 milhões, 3,24 milhões e 2 milhões, respectivamente), mas o trabalho escravo foi identificado, mesmo que em pequena proporção, em todos os 167 países incluídos no índice.
"Existe a ideia de que a escravatura é um problema do passado ou que só existe em países assolados pela guerra e pela pobreza", diz no relatório Andrew Forrest, presidente da Walk Free. "Essas conclusões mostram que a escravatura moderna existe em todos os países. Somos todos responsáveis pelas situações mais atrozes onde a escravatura moderna existe e pela miséria que causa a nossos semelhantes."
O número total de escravos no mundo - 35,8 milhões - calculado pelo Índice Global de Escravatura é 20,1% maior do que o medido em 2013, primeiro ano em que a pesquisa foi realizada. Mas, segundo a Walk Free, isso não reflete um crescimento no número de pessoas escravizadas, mas sim a aperfeiçoamentos na obtenção de dados e na metodologia do levantamento.

Quase 36 milhões de homens, mulheres e crianças - 0,5% da população global - vivem em situação de escravidão moderna no mundo, segundo levantamento divulgado nesta segunda-feira pela organização de direitos humanos Walk Free Foundation.
O Brasil, apesar de ter um dos menores índices de escravidão do continente americano (atrás de Canadá, EUA e Cuba), ainda abriga 155,3 mil pessoas nessa situação, que abrange desde trabalho forçado ou por dívidas, tráfico humano ou sexual até casamentos forçados, em que uma das partes é subserviente.
"Depois da Europa, o continente americano é a região com a menor prevalência de escravatura moderna no mundo. Ainda assim, cerca de 1,28 milhão de pessoas (no continente) são vítimas de escravatura, na sua maioria por meio do tráfico sexual e exploração laboral, (sobretudo) trabalhadores agrícolas com baixas qualificações e elevada mobilidade", diz o relatório.
"Um dos principais fatores na região são as fortes tendências migratórias transnacionais, que levam pessoas vulneráveis a abandonar seus lares em busca de trabalho. As condições de trabalho são muitas vezes deploráveis e podem incluir servidão por dívida, confinamento físico, ausência de dias de descanso, falta de água potável, retenção de salários e horas extras ilegais, muitas vezes sob ameaça de deportação."
Não surpreende, portanto, que o empobrecido Haiti lidere o ranking da região: 2,3% de sua população vive em condições de escravatura moderna, segundo o Índice Global de Escravatura.
O relatório destaca que o Brasil está entre os países com "respostas governamentais mais firmes" contra o problema, ao encorajar as empresas a pressionarem pelo fim do trabalho escravo nas diversas etapas de sua cadeia produtiva.
A estimativa é superior à feita pela Organização Internacional do Trabalho, que calculou que 21 milhões de pessoas eram vítimas de trabalhos forçados em 2011.
A Walk Free aponta que os maiores desafios na erradicação da escravidão moderna estão na África e na Ásia. A Rússia, porém, é o quinto país com o maior número de escravos (1 milhão) - acredita-se que muitos trabalhadores migrantes da construção civil e da agricultura trabalhem em condições subumanas no país.
A Mauritânia (noroeste da África), por sua vez, é o país com a maior proporção de escravos (4%) do mundo.
O relatório da Walk Free pede mais cooperação internacional no combate a essas práticas: que governos aumentem as punições ao tráfico humano e pressionem a iniciativa privada a combater o trabalho forçado ou indigno em suas cadeias produtivas.

LOBOS-MARINHOS TEM COMPORTAMENTO SEXUAL ATÍPICO

fonte BBC 

Um comportamento sexual atípico de lobos-marinhos (Arctocephalus gazella) em uma ilha isolada do Antártico chamou a atenção dos cientistas. Convivendo com pinguins na região, eles foram flagrados tentando fazer sexo com as aves marinhas.


Muito maiores do que os pinguins (Aptenodytes patagonicus), os lobos-marinhos acabam enfrentando pouca resistência ao tentar copular com as aves na ilha. No início, os pinguins tentam reagir e se desvencilhar dos mamíferos, que montam sobre eles e já tentam a penetração. Mas, pouco tempo depois, as aves perdem as forças para resistir.
Quatro casos foram flagrados pelas câmeras dos cientistas, que divulgaram um estudo sobre o caso na publicação científica Polar Biology.
Os pesquisadores ainda não conseguiram identificar nem o sexo dos pinguins "atacados", nem o motivo que estaria levando os lobos-marinhos machos a tentarem sexo com animais de outra espécie.
"É bem improvável que os lobos-marinhos estejam confundindo os pinguins com animais de sua espécie", disse Nico de Bruyn, um dos responsáveis pelo estudo da Universidade de Pretoria, na África do Sul, à BBC. "É difícil saber o que está acontecendo."
Segundo as especulações que surgiram, o ato estaria acontecendo por conta de um uma experiência sexual frustrante do lobo-marinho ou ainda por uma inexperiência dele. Os cientistas também falam que a atitude poderia ser algo agressivo e predatório ou até mesmo uma brincadeira que acabou ganhando cunho sexual.
Todos os quatro incidentes seguiram um padrão de acontecimentos: o lobo-marinho persegue, captura o pinguim e monta em cima dele. Ele, então, tenta copular por algumas vezes, em um ato que dura cerca de cinco minutos, com alguns períodos de descanso entre eles.
Em algumas situações os lobos-marinhos conseguem a penetração – em uma das delas, flagrada pela câmera, o leão-marinho chega a matar o pinguim e comê-lo depois de tentar o ato sexual.
Apesar de ter impressionado os pesquisadores, essa não foi a primeira vez que eles identificaram uma situação dessas na região do Oceano Antártico. Em 2006, cientistas registraram pela primeira vez lobos-marinhos tentando fazer sexo com focas.

RENATO DUQUE TEM PRISÃO DECRETADA PELA JUSTIÇA

Os outros executivos que tiveram a prisão preventiva decretada por Moro foram: Dalton Santos Avancini (presidente da Camargo Côrrea), João Ricardo Auler (presidente do Conselho de Administração da Camargo Côrrea), Ricardo Pessoa (presidente da UTC), José Aldemário Pinheiro Filho (presidente da OAS) e Mateus Coutinho de Sá Oliveira (funcionário da OAS).

Por outro lado, outros 11 réus não foram enquadrados da mesma forma pelo magistrado e acabaram colocados em liberdade. No entanto, a ação ressalta que todos ficam proibidos de deixar o País e passam a ter a obrigação de comparecer a todos os atos do processo, "inclusive mediante intimação", ressalta a decisão. Eles também têm prazo de cinco dias para entregar à Justiça seus passaportes.
São eles: Alexandre Barbosa (OAS), Othon Zanoide (diretor da Queiroz Galvão), Valdir Carreiro (diretor-presidente da IESA), Otto Sparenberg (diretora da IESA), Jayme de Oliveira Filho (ligado ao doleiro Alberto Youssef), Carlos Alberto da Costa e Silva (UTC), Walmir Santana (UTC), Ildefonso Colares (ex-diretor-presidente da Queiroz Galvão), Newton Prado Junior (diretor da Engevix), Carlos Eduardo Strauch (diretor da Engevix) e Ednaldo Alves da Silva (UTC).
No dia em que expiraram as prisões temporárias dos suspeitos de corrupção investigados na Operação Lava Jato, o juiz federal Sérgio Moro decretou a prisão preventiva do ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque e de outros cinco suspeitos. A pena é uma medida cautelar para impedir que os réus cometam outros crimes, fujam ou venham a prejudicar a apuração dos crimes dos quais são acusados.

Confira o nome das pessoas que o MPF pediu a conversão das prisões temporárias em preventivas:
Dalton dos Santos Avancini (Camargo Corrêa)
João Ricardo Auler (Camargo Corrêa)
Mateus Coutinho de Sá Oliveira (OAS)
Alexandre Portela Barbosa (OAS)
José Aldemário Pinheiro Filho (OAS)
Valdir Lima Carreiro (IESA)
Ricardo Ribeiro Pessoa (UTC)
Othon Zanoide de Moraes Filho (Queiroz Galvão)
Jayme Alves de Oliveira Filho
Adarico Negromonte Filho

Anuncio

Seguidores

CAMPANHA PRA VENEZUELA

CAMPANHA  PRA  VENEZUELA
PRECISA DE AJUDA HUMANITÁRIA

As principais matérias do blog