GAZETA CENTRAL INSTAGRAM

O FIM DA FAMÍLIA AMERICANA :ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA É UMA NAÇÃO DE ESCARNECEDORES E PLANTOU O SEU FIM DE IMPÉRIO RICO CORRE RISCOS DE SE TORNAR A MAIOR NAÇÃO MALDITA AGORA QUEREM PROVAR EM FORMA DE LEI DA POLIGAMIA SEGUNDO O JUIZ JOHN ROBERTS

renato santos
05/07/2015
22:58

SALMO 1
Neste Salmo encontramos varias referências ao comportamento das pessoas e o fim que advém desse comportamento.


SALMO 1
Bem-aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores  

Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.


Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.

Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha.

Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos.

Porque o Senhor conhece o caminho dos justos; mas o caminho dos ímpios perecerá.

O Salmo 1 apresenta diretrizes de conduta cristã que todo o crente deve adotar,  quais os benefícios dessa conduta e quais os malefícios de não entregar sua vida ao Senhor.

Só existem dois caminhos, o caminho com Deus e o caminho sem Deus, ou seja ou estás com Deus ou com o diabo, não existe meio termo. 

Aqueles que seguem o caminho de Deus e cumprem as diretrizes dadas por Deus para suas vidas serão essas arvores plantadas junto a ribeiros de águas, que a seu tempo dará bons frutos - 

A união entre o homem e Cristo faz com que produzamos bons frutos a seu tempo, pois tudo o que produzirmos será segundo a natureza de Cristo.- e tudo quanto fizer prosperá, tenhamos atenção a este "tudo quanto fizer prosperará", este prosperará não se refere especificamente a dinheiro, casas, carros, etc.. 

Tendo em conta que o crente tem  prazer em servir a Deus, tudo quanto o crente fizer ou tentar fazer tem de ser a vontade de Deus para sua vida, e claro está que assim sendo tudo quanto fizer será a vontade de Deus o Todo Poderoso logo tudo quanto fizer prosperará. 




- Jesus ensinou em Mateus 6:19-20 " Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam;

Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam." -

Já os ímpios, os que não andam no caminho do Senhor, os que seguem o caminho do diabo, esses são como moinha ao vento. 

Se o ímpio é como a moinha, logo  o ímpio é um ser leve, sem consciência espiritual, vazio, verdadeiro dejeto humano largado as suas próprias sortes nas mãos do diabo.

Charisma News FONTE 

A fala do juiz John Roberts, um dos 4 votos contrários à legalização do casamento gay na Suprema Corte dos EUA, pode abrir espaço para a legalização da poligamia. 

Na ocasião, ele justificou sua contrariedade alegando que os mesmos argumentos a favor de tais uniões poderiam ser usados para legalizar a poligamia.

A lógica é que se um casal homoafetivo alega que “sofreria o estigma de saberem que sua família é, de alguma forma, inferior”, por que o mesmo raciocínio não se aplica a uma família formada por três (ou mais) pessoas criando filhos?

Correntes do mormonismo, seita que pregava a poligamia até ela ser criminalizada nos EUA, comemoraram. A nova legislação sobre igualdade de casamento já permitiu que mórmons fundamentalistas do estado de Montana entrassem com pedido de uma certidão de casamento civil para o marido e a segunda esposa.

Nathan Collier casou com sua primeira esposa, Victoria, em 2000. Ele acabou se envolvendo com a irmã dela, Christine, e os três passaram a viver juntos. Embora tenham realizado uma cerimônia religiosa em 2007, a união deles não é reconhecida pela justiça americana.

“Só queremos garantir amparo legal a uma família amorosa, forte, funcional e feliz”, explica Nathan. Inspirado pela decisão da Suprema Corte no mês passado, alega que sofre uma violação dos seus direitos civis.

Para quem acha que este tipo de situação não pode ser comparada com o casamento gay, ano passado Kody Brown, um mórmon que vive com suas quatro esposas e 16 filhos, obteve uma vitória na ação que movia há 3 anos contra o estado de Utah.

O juiz federal Clark Waddoups decidiu a favor dos Brown, considerando que a proibição de poligamia, prevista na lei, violava direitos constitucionais de liberdade religiosa. Isso fez com que muitos mórmons defendessem que a poligamia foi “descriminaliza” no estado.

Estima-se que existem mais de 20 mil famílias mórmons vivendo nesta situação e que poderiam “se legalizar”.

Além dos mórmons, estima-se que existam até 100 mil famílias muçulmanas na mesma situação nos EUA. Permitida pela Alcorão, a poligamia é normal nos países que vivem sob a lei religiosa islâmica.

Longe do aspecto religioso, o influente site sobre política americana Politico.com publicou uma extensa matéria sobre o tema, defendendo a prática como o “próximo passo do liberalismo social”. 

O argumento central é que os homossexuais já viviam maritalmente antes da legalização. Ou seja, adeptos do ‘poliamor’ também deveriam lutar pelos seus direitos e quebrar o ‘tabu’. É apenas uma questão de tempo até que cheguem na Suprema Corte.

O casamento gay viveu um processo similar, sendo gradualmente aceito em um estado depois do outro até finalmente ser aceito nacionalmente.

Segundo uma pesquisa do Gallup sobre valores morais, a poligamia era considerada moralmente aceitável por 7% da população em 2003. Na reedição da pesquisa em 2015, o percentual saltou para 16%.

Culturalmente, as mudanças nos Estados Unidos acabam se refletindo em grande parte do mundo. Vide o significativo número de brasileiros que coloriram suas fotos no Facebook para comemorar a decisão da Suprema Corte. Com informações de Charisma News

NOTICIA QUASE BOA 202 MILHÕES DE EUROS ESTÃO VOTANDO PARA A PETROBRAS, VAMOS FICAR DE OLHO

O  Caminho  dos  Ímpios  não  prosperar. A questão  é  simples deram tanto prejuízo a PETROBRAS, com  roubos  e  crimes de estelionato, que  não  ficarei surpreso  por  lavagem de dinheiro 


Em entrevista à imprensa brasileira, após a prisão do ex-director internacional da Petrobras, Jorge Zelada na quinta-feira, o procurador do Ministério Público Federal (MPF), Carlos Fernando dos Santos Lima, disse que "as investigações chegaram a um bom termo", após a prisão de quatro ex-directores.

Na avaliação do MPF, o número das perdas com corrupção divulgado pela Petrobras é válido para efeitos de balanço, mas é conservador. "Não temos dúvida de que os prejuízos são significativamente maiores do que os sei mil milhões de reais que foram apresentados pela companhia", disse Carlos Fernando dos Santos Lima.

Questionada , a companhia estatal disse que não vai comentar as declarações do procurador brasileiro.

Recorde-se que o presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, já tinha dito que a petroleira poderia rever as suas avaliações sobre os prejuízos causados pela corrupção caso surjam novidades no âmbito da Operação Lava Jato.

De acordo com o MPF, os cerca de 700 milhões de reais (202 milhões de euros) foram devolvidos à petrolífera brasileira até ao momento por empresas e acusados de envolvimento no processo que fizeram acordo com o Ministério Público. 

Até o fim do ano, a expectativa dos procuradores é de que a empresa receba no total um mil milhão de reais (289 milhões de euros) de volta.

GRÉCIA DA UMA AULA DA DEMOCRACIA, DO QUE SER ESCRAVO ECONÔMICO DISSERAM NÃO com 61,47% dos votos

RENTO SANTOS
exclusivo 
05/07/2015 18:05 horário de  brasilia
06/07/2015 24.00 horário da grécia 

Com quase 90% dos votos contados: o 'Não' ganha com 61,47% , enquanto o 'Sim' está com 38,53%. Grécia  o País da  democracia  diz  não a  escravidão.



Agora a  casa do  primeiro ministro grego  caiu e  ele tem que renunciar, se  isso  ocorrer  mesmo  como  espera  alguns, a Grécia  volta  escrever  mais  uma  história da  democracia, pelo outro  lado  o povo  grego  disse  não  no referendo, isso  é a liberdade  não tem preço.

O primeiro-ministro grego vai a falar ao país. Tsipras diz que Atenas vai regressar às negociações com os credores amanhã. 

Antonis Samaras vai demitir-se de líder do principal partido da oposição, a Nova Democracia. A chanceler alemã Angela Merkel e o presidente francês François Hollande concordaram que a vitória do 'Não' tem de ser respeitada. 

Os dois líderes falaram ao telefone agora a  pouco  e encontram-se amanhã, como já tinha sido anunciado. Terça-feira haverá cimeira de líderes da zona euro, acordaram Merkel e Hollande.

O ministro grego das Finanças, Yanis Varoufakis, já fala ao país. "Na segunda-feira chamaremos os nossos parceiros europeus para encontrar um terreno comum depois da vitória do 'Não' no referendo", disse, citado pela Reuters. 

O Banco Central Russo considerou que não há riscos substanciais para a estabilidade financeira devido ao referendo na Grécia. PS: Governo "tem feito de conta que um terramoto grego não afectará Portugal". 

"O PS apela ao Governo português para ultrapassar essa visão partidária do assunto e para se empenhar ao nível europeu numa solução. É do interesse nacional que o Governo português seja capaz dessa correção de rumo", declarou Porfírio Silva, membro do Secretariado Nacional do PS.

Fonte oficial do governo grego avançou à Reuters que o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, falou este domingo por telefone com o presidente francês Francois Hollande.  Abertura do mercado cambial na região Ásia/Pacífico, o euro recua 1,4% face ao dólar, para abaixo de 1,1 dólares; dólar australiano cai para mínimos de 2009. 

Mais de metade dos votos já está contada e mantém-se a vantagem do Não, com 61,21%. A porta-voz do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, defende que a Grécia "escolheu a democracia à chantagem". 

"O povo grego deu uma grande lição à Europa mostrando que entre a democracia e a chantagem escolhe a democracia, provando que é possível vencer o medo mesmo quando o BCE (Banco Central Europeu) obrigou ao fecho da banca na Grécia", afirmou Catarina Martins, referindo-se aos primeiros resultados que dão a vitória ao "não" no referendo, mas ressalvando que ainda não são conhecidos resultados definitivos.

Primeiros dados oficiais: 3.076.780 votos contados, representando 35% do total, Não recolhe 61% dos votos e 'Sim' 39%. Já há pessoas nas ruas a festejar.

Numa carta enviada a deputados do Partido Trabalhista holandês e divulgada pela Bloomberg, o presidente do eurogrupo Jeroen Dijsselbloem considera que o resultado do referendo é determinante para o futuro da Grécia na zona euro. "Embora o governo grego queira fazer-nos crer o contrário, o referendo é sobre a permanência do país na zona euro", escreveu o ministro das Finanças holandês. "Embora saibamos que que a Grécia nunca cumpriu os critérios para entrar na zona euro, uma saída vai ter consequências dramáticas para a generalidade dos gregos".

Fonte do governo italiano avança que o primeiro-ministro Matteo Renzi se reúne esta segunda-feira com o ministro da Economia Pier Carlo Padoan para debater a situação na Grécia. Fonte do eurogrupo diz à Reuters que não há planos para os ministros das Finanças do euro se reunirem esta segunda-feira, tanto mais "que os ministros não saberiam o que debater" em caso de vitória do 'Não'.

O vice-ministro das Finanças grego garantiu que o dinheiro depositado nas caixas fortes dos bancos não pode ser retirado, ao abrigo do actual controlo de capitais, refere a Reuters. O porta-voz do governo grego falou à televisão pública logo após as primeiras sondagens apontarem para uma vitória do "não" no referendo. Gavrill Sakelaridis insistiu que o executivo helénico espera retomar as negociações com os credores para chegar "imediatamente" a um acordo. 

O Banco Central da Grécia vai pedir mais liquidez de emergência ao BCE para assistir aos bancos que deverão abrir na terça-feira, avança a Reuters.

O Deutsche Bank reconheceu estar a preparar-se para a "nova situação", referindo-se a uma possível vitória do 'Não'. "Ajustámos os nossos processos e procedimentos para ter em conta a nova situação, que continuamos a monitorizar, assegurando a continuidade das operações de negócio e os serviços a clientes".

O ministro de Estado grego, Nikos Pappas, considerou que o acordo com os credores será "melhor" o "não" vencer no referendo e assegurou que os bancos vão ter liquidez, em declarações à televisão privada Alpha. O ministro do Interior, Nikolaos Voutsis, anuncia na televisão que vários sites do Governo foram atacados nas últimas horas. Acrescentou ainda que  a afluência às urnas foi superior a 50%.

O líder do parceiro de coligação do Syriza e ministro da Defesa Panos Kamenos reivindicou a vitória do 'Não' na rede social twitter depois das primeiras projecções. ""O povo grego demonstrou que não pode ser chantageado, aterrorizado nem ameaçado. A democracia ganhou". A chanceler alemã Angela Merkel vai encontrar-se esta segunda-feira à tarde em Paris com o presidente francês François Hollande para discutir o resultado do referendo, avança a Reuters citando um porta-voz do governo de Berlim.

Passos Coelho disse hoje em Cabo Verde estar a aguardar pelos resultados do referendo grego, mas insistiu em que, quaisquer que sejam, há países europeus que "emprestaram muito dinheiro" e que a questão não pode ser esquecida. As urnas já fecharam na Grécia. 

Quatro sondagens divulgadas pela Reuters dão vitória ao Não. A da MRB dá 46% a 51% ao 'Sim', e 49% a 54% ao 'Não; a Pollsters Marc avança com entre 45,5% a 50,5% para o 'Sim' e 49,5% a 54,5% para o 'Não'; a sondagem da Metron aponta 46% para o 'Sim' e 49% para o 'Não'; a GPO dá 48,5% para o Sim e '51,5%' para o 'Não'. Segundo as primeiras estimativas, 65% dos eleitores foram às urnas.

Falta uma hora para o encerramento das urnas na Grécia. O ministro das Finanças Yanis Varoufakis deverá reunir-se de emergência esta noite com os presidentes dos bancos gregos depois dos resultados do referendo, avança o editor de economia da BBC, Robert Peston.

O movimento de activistas do grupo 'naomevendo.pt' içou esta manhã uma bandeira da Grécia no Castelo de São Jorge, em solidariedade com o povo grego do dia do referendo.

Mariano Rajoy no twitter: "A Europa foi e continuará a ser solidária com a Grécia, mas não pode haver solidariedade sem a responsabilidade de todos". O primeiro-ministro falava num evento da fundação FAES, ligada ao Partido Popular. "Queremos o melhor para o povo grego. Esperemos que acertem e se mantenham no euro", acrescentou.

Duas sondagens divulgadas pela agência noticiosa russa Ria Novosti dão o 'Não' com vantagem de quatro e de sete a oito pontos em relação ao 'Sim'. Os estudos de opinião conhecidos na sexta-feira davam um empate técnico entre os dois lados.

Também o ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis, já votou. Aos jornalistas disse que "o povo grego não tem culpa dos enormes fracassos do eurogrupo" e que o povo se pronuncia "perante o último ultimato" do eurogrupo e dos credores. "É um momento sagrado, um momento de esperança para a Europa", afirmou.

O ministro da Economia francês, Emmanuel Macron, alertou para a necessidade de os parceiros europeus não ostracizarem Atenas seja qual for o resultado do referendo, para evitar uma situação semelhante à que aconteceu com a Alemanha depois da I Guerra Mundial."Qualquer que seja o resultado da votação, temos de reiniciar os contactos políticos amanhã [segunda-feira]. (...) Não vamos repetir o Tratado de Versalhes", disse, citado pela Reuters.

Em declarações à rádio alemã Deutschlandfunk, o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, disse que se o 'Não' sair vencedor, a Grécia terá de introduzir uma nova moeda "porque o euro deixa de estar disponível como meio de pagamento". "No momento em que alguém introduz uma nova moeda, sai da zona euro. São esses dados que me dão alguma esperança que as pessoas votem 'Não' hoje. Numa outra entrevista ao Die Welt am Sonntag, deixou no entanto a porta aberta a um eventual crédito adicional de emergência a Atenas para garantir o funcionamento de serviços públicos.

O membro do comité executivo do BCE, Benoît Coeure, garantiu esta manhã à Reuters que o BCE está pronto a tomar medidas adicionais em relação à Grécia, se necessário. No final da semana passada o BCE deixou inalterado o tecto máximo da linha de liquidez de emergência para os bancos gregos, que encerraram na segunda-feira passada e deverão reabrir nesta terça.

"Hoje os gregos decidem o destino do nosso país. Votamos 'Sim' à Grécia, 'Sim' à Europa", disse o antecessor de Alexis Tsipras no governo de Atenas, Antoni Samaras, depois de votar.

Em declarações ao jornal Dimanche, o presidente francês François Hollande diz que o lugar da Grécia é no euro, independentemente do resultado do referendo. O primeiro-ministro Matteo Renzi já fez questão de salientar o mesmo: "Quando vemos um reformado a chorar em frente a um banco e filas para as caixas automáticas, percebe-se que um país tão importante para o mundo e para a cultura não pode continuar assim", disse ao jornal Il Messaggero. 

O Financial Times referia esta manhã que bancos internacionais como o HSBC, o JP Morgan e o Deutsche Bank estavam a reforçar as suas equipas de mercado cambial durante este domingo para antecipar a forte procura dos clientes na sessão de amanhã.

Alexis Tsipras vota numa escola pública de Atenas, rodeado de apoiantes do 'Não'. À saída, disse aos jornalistas que "hoje a democracia vence o medo" e que a decisão de questionar os planos dos credores abre o caminho para que outros estados-membros façam o mesmo.

Eram 7h00 em Atenas, a hora a que estava prevista a abertura das assembleias de voto para referendo deste domingo. "Deve ser aceite o plano de acordo submetido pela Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional no eurogrupo de 25 de junho?", é a pergunta que os 9,85 milhões de eleitores gregos vão encontrar no boletim de voto ao longo do dia. As urnas devem fechar às 19h00 (17h00 em Portugal Continental).

PAPA FRANCISCO ACABA DE CHEGAR NO EQUADOR



O papa chegou no Equador, a primeira etapa de sua visita pastoral à América do Sul


Papa Francisco veio para a América do Sul. O avião da Alitalia transportando o papa aterrissou no Aeroporto Internacional Mariscal Sucre, onde as autoridades do país recebê-lo.

Equador é a primeira etapa da viagem que também vai visitar a Bolívia eo Paraguai.


A última visita de um papa ao Equador era de 30 anos atrás, com a viagem de João Paulo II.

O pontífice fez na segunda-feira uma visita de cortesia ao presidente Rafael Correa no Palácio de Carondelet.

Francisco estará em Quito e Guayaquil, e, em seguida, viajar para a Bolívia eo Paraguai. É a primeira turnê que leva três países em uma viagem.

Além disso, é a primeira vez que um sacerdote de língua espanhola vai para as pessoas em sua própria língua.

O Papa, de 78 anos, tem agendado várias actividades e viagem envolve inúmeras mudanças de temperatura. Na Bolívia, por exemplo, ele vai subir para mais de 4.000 metros acima do nível do mar. Então, ele pediu para orar por ele.

Será uma viagem na qual você pode sentir o abraço das multidões que querem ver, ouvir, palpitarlo, expressando com a sua presença neste lugar íntimo que ocupa Francisco e em suas almas, em suas próprias essências

CPI DA PETROBRAS VOLTA A PAUTA DO CONGRESSO ESSA SEMANA

Após uma semana tumultuada e marcada pela aprovação, em primeiro turno, da proposta de emenda à Constituição que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos, nos casos de crimes hediondos, a Câmara dos Deputados vai retomar esta semana as votações em segundo turno da reforma política.

A votação em primeiro turno começou no fim de maio e foi concluída no dia 17 de junho. Agora, os deputados deverão retomar as votações dos temas aprovados em primeiro turno. Entre eles estão o fim da reeleição, os cinco anos de mandato para os ocupantes de todos os cargos eletivos, o acesso ao Fundo Partidário e ao tempo de rádio e TV apenas para legendas com, pelo menos, um deputado eleito.

Estará em discussão também o financiamento privado de campanhas, com doações de empresas a partidos políticos. Sobre esse último ponto, os deputados precisam alterar a legislação ordinária para disciplinar as doações. Como se trata de matéria que altera a Constituição, as votações têm que ocorrer em dois turnos, antes de serem encaminhadas para o Senado.

“Nosso objetivo primordial é concluir o segundo turno da reforma política e o projeto infraconstitucional da mudança da Lei Eleitoral. Isso é fundamental, porque tem que ser enviado ao Senado para que a gente possa ter isso valendo para as eleições de 2016”, disse o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Ao lado da votação da reforma política, a Comissão Parlamentar de Inquérito da Petrobras deve movimentar a semana na Câmara dos Deputados, com os depoimentos do ex-ministro chefe da Controladoria Geral da União Jorge Hage, para falar sobre o caso da SBM Off Shore.

Haverá depoimento do presidente do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), Carlos Barreto, e da viúva do ex-deputado José Janene. Ocorrerão também as acareações entre o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque e o ex-gerente de Serviços e Engenharia da estatal Pedro Barusco, e de Barusco com o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.

A Câmara deve votar na terça-feira a Medida Provisória 671/15, que trata do refinanciamento das dívidas fiscais e trabalhistas dos clubes de futebol profissional e das normas de responsabilidade fiscal e gestão. O relatório do deputado Otavio Leite (PSDB-RJ) fixa em até 240 meses o prazo de parcelamento das dívidas dos clubes, sejam de futebol ou não, além de prever parcelas menores nos 60 primeiros meses.

O deputado propõe a criação de uma nova loteria federal instantânea, na forma de raspadinha, em parceria com a Caixa Econômica Federal. Parte dos recursos arrecadados com a loteria deverá ser destinada aos clubes, com a condição de que eles usem a verba para investir nas categorias de base e subsidiar ingressos a preços populares

O plenário poderá votar o Projeto de Lei 1358/15, que muda o índice de correção do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, cuja urgência foi aprovada na última terça-feira (30). Pela proposta, os depósitos feito0s a partir de 1º de janeiro de 2016 serão corrigidos pela TR mais 0,5% ao mês, quando a taxa Selic for superior a 8,5% (atualmente a taxa está em 13,75%).

Quando os juros forem inferiores a 8,5%, a correção será TR acrescida de 70% da taxa Selic. É o mesmo cálculo aplicado hoje às cadernetas de poupança. Atualmente a correção é feita com base na taxa referencial (TR), em torno de 0,1% ao mês, mais juros de 3% ao ano.

ATITUDE DE COVARDE ! ELE ASSASSINOU A ESTUDANTE DE DIREITO ISABELLA CAZADO DE 22 ANOS ELA FAZIA TCC SOBRE A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

A estudante de Direito Isabella Cazado, de 22 anos, assassinada a tiros durante uma discussão com o namorado no dia 31 de maio, fazia um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) sobre violência contra a mulher.

Isabella estudava o 9º semestre do curso na Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). Segundo a Polícia Civil, a suspeita é de que o namorado dela, Roni Santos, de 23 anos, tenha tido a ajuda do irmão, Fernando Santos, de 21, para assassinar a estudante.

O professor que orientava Isabella no TCC, Alessandro de Almeida Santana Souza, disse, em entrevista ao G1 Mato Grosso, que a jovem era uma boa aluna. “O tema [do TCC] era relacionado ao estupro praticado pelo marido contra a mulher, especificamente a violência contra as mulheres. Ela estava fazendo o levantamento de dados nessas situações e uma pesquisa bibliográfica com casos reais”, contou.

Fernando, irmão do suspeito, está preso. Já o namorado de Isabella, que está com a prisão decretada pela Justiça, continua foragido.

LULA COLOCA MAIS LENHA NA DILMA " ELA MENTIU DURANTE A CAMPANHA DE 2014"

Fonte Uol: A reportagem Fernando Rodrigues pode ser lida  aqui. http://fernandorodrigues.blogosfera.uol.com.br/2015/06/20/lula-reconhece-que-dilma-mentiu-na-campanha-de-2014/

Num dos trechos de sua fala, reconheceu que a atual presidente mentiu durante a campanha eleitoral de 2014:


“Tem uma frase da companheira Dilma que é sagrada: ‘Eu não mexo no direito dos trabalhadores nem que a vaca tussa’. E mexeu. Tem outra frase, Gilberto [Carvalho], que é marcante, que é a frase que diz o seguinte: ‘Eu não vou fazer ajuste, ajuste é coisa de tucano’. E fez. E os tucanos sabiamente colocaram Dilma falando isso [no programa de TV do partido] e dizendo que ela mente. Era uma coisa muito forte. E fiquei muito preocupado”.

O PSDB fez programas duros contra o PT e Dilma. Em 10 de maio de 2015, mostrou comerciais curtos nos quais brasileiros aparecem em situação de desalento. Em 19 de maio, foram veiculadas as falas de Dilma na campanha de 2014, nas quais a petista promete não arrochar salários nem produzir desemprego.

O encontro feito no  dia  (18.jun.2015)  com padres e dirigentes de entidades religiosas no auditório do Instituto Lula, segundo detalhadíssimo relato das repórteres Tatiana Farah e Julianna Granjeia, do “O Globo”. Ao descrever a conjuntura atual, o ex-presidente fez um desabafo:

“Dilma está no volume morto, o PT está abaixo do volume morto, e eu estou no volume morto. Todos estão numa situação muito ruim. E olha que o PT ainda é o melhor partido. Estamos perdendo para nós mesmos”.

A expressão “volume morto” se refere à crise de abastecimento de água no Estado de São Paulo. Para manter o fornecimento, o governo paulista recorreu a uma reserva das represas conhecido como “volume morto”.

Como o encontro foi antes da prisões de sexta-feira (19.jun.2015) de empreiteiros por causa da Operação Lava Jato, Lula não fez menções a esse assunto.

Na conversa com religiosos, Lula deu um exemplo de como a situação está delicada para o governo federal e para o PT. Mencionou uma pesquisa interna do partido:

“Acabamos de fazer uma pesquisa em Santo André e São Bernardo, e a nossa rejeição chega a 75%. Entreguei a pesquisa para Dilma, em que nós só temos 7% de bom e ótimo”.

Segundo Lula, ele teria dito a Dilma que o resultado da pesquisa não deveria desanimá-la. “Isso é para você saber que a gente tem de mudar, que a gente pode se recuperar. E entre o PT, entre eu e você, quem tem mais capacidade de se recuperar é o governo, porque tem iniciativa, tem recurso, tem uma máquina poderosa para poder falar, executar, inaugurar”.

Lula falou por cerca de 50 minutos, segundo o relato de “O Globo”. Reclamou que o PT e o governo estão fazendo pouca política num momento de dificuldades econômicas para o país.

“Na falta de dinheiro, tem de entrar a política. Nesses últimos 5 anos, fizemos muito menos atividade política com o povo do que fizemos no outro período”.

O ex-presidente citou algumas vezes o ex-ministro Gilberto Carvalho, interlocutor frequente do PT com movimentos religiosos. Carvalho, presente ao evento de anteontem, participou do primeiro mandato de Dilma Rousseff, mas viu seu papel dentro da administração federal ser desidratado. No momento, está fora do governo.

“Gilberto sabe do sacrifício que é a gente pedir para a companheira Dilma viajar e falar. Porque na hora que a gente abraça, pega na mão, é outra coisa. Política é isso, o olhar no olho, o passar a mão na cabeça, o beijo”.

Lula falou mal do ambiente dentro do Palácio do Planalto: “Aquele gabinete [presidencial] é uma desgraça. Não entra ninguém para dar notícia boa. Os caras só entram para pedir alguma coisa. E como a maioria que vai lá é gente grã-fina… Só entrou hanseniano porque eu tava [sic] no governo, só entrou catador de papel porque eu tava [sic] no governo”.

Para o ex-presidente, Dilma precisa “ir para a rua, viajar por esse país, botar o pé na estrada”.

Sobrou também uma reprovação para os ministros petistas: “Os ministros têm de falar. Parece um governo de mudos. Os ministros que viajam são os que não são do PT. [Gilberto] Kassab [Cidades] já visitou 23 Estados”. Kassab, ex-prefeito de São Paulo, é presidente nacional do PSD.

Para o titular da Casa Civil, Aloizio Mercadante, uma observação direta: “Pelo amor de Deus, Aloizio, você é um tremendo orador. É certo que é pouco simpático”.

“Falar é uma arma sagrada. Estamos há 6 meses discutindo ajuste. Ajuste não é programa de governo. Em vez de falar de ajuste… Depois de ajuste vem o quê?”. Para o ex-presidente, é necessário “fazer as pessoas acreditarem que o que vem pela frente é muito bom”.

AERONAVE QUE FAZIA ROTA ENTRE MIAMI E CURITIBA FEZ POUSO DE EMERGÊNCIA EM MANAUS NO SÁBADO

Na tarde deste sábado, 04, um voo da American Airlines que fazia a rota Miami/Curitiba fez um pouso não previsto após um alerta de problema técnico, no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus..

Segundo a INFRAERO, houve pedido de ”pouso de emergência”, equipes de socorro local foram mobilizadas, mas a aeronave aterrizou normalmente.

O pouso aconteceu às 16h05 (17h05 pelo horário de Brasília), quando o avião sobrevoava a região. A Infraero não informou quantos passageiros estavam a bordo.

AÉCIO NEVES É O NOVO PRESIDENTE NACIONAL DO PSDB

gazeta central irbing internacional 
05/07/2015
15:58
renato santos 

O senador Aécio Neves (MG) foi reconduzido hoje (5) à presidência nacional do PSDB, durante Convenção Nacional do partido, em um hotel em Brasília, informou a assessoria da legenda. 


Ele vai cumprir mais um mandato de dois anos. Em maio de 2013, Aécio foi eleito presidente do PSDB com 97% dos votos dos delegados tucanos.

No total, 528 delegados vão eleger integrantes da comissão executiva e do diretório nacional. Serão definidos também os nomes dos membros do conselho de ética e disciplina, do conselho fiscal, do conselho político e o presidente do Instituto Teotônio Vilela (ITV) – órgão de estudos e formação política do partido.

Segundo o PSDB, a executiva é composta pelo presidente e por seis vice-presidentes; secretário-geral, primeiro e segundo secretários, tesoureiro e tesoureiro-adjunto. Participam também os líderes na Câmara e no Senado e o presidente do ITV. O diretório nacional é formado por 236 nomes, entre 177 titulares e 59 suplentes.

QUE ABSURDO ! UM PAÍS DE MAL CARÁTER COMENTÁRIOS RACISTAS CONTRA A JORNALISTA MARIA JÚLIA COUTINHO CHAMANDO ELA DE ( PRETA IMUNDA) DEVEM SER BANIDOS DA REDE SOCIAL FACEBOOK, PROCESSADOS E CONDENADOS

renato santos
05/07/2015
14/08 horas

O  País  de mal caráter  e  de safados,  como podem  causar racismo contra  uma profissional, não importa  em qual  canal de televisão ou  jornal  escrito que essa  profissional  esteja trabalhando e nem com quem  ela  é  casada, essas atitudes  só mostram que esse  País se  é que se pode chamar  ainda disso  é  medíocre e não tem nenhuma postura de dignidade e de  moral.


Olha  todos  sabem  que  estamos  passando  por  uma crise de  falta de  moral e  vergonha  na cara, isso  que esta acontecendo  nas redes  socias  precisa  ser  investigado  pelo Ministério Público Federal e  pela  policia  Federal  e  as  pessoas  que  fizeram comentários  contra  a  jornalista  devem ser  processadas  e condenadas  conforme  a  Lei de  racismo.

Nós  somos  contra  esse  tipo de manifestação e  não podemos aceitar isso, não importa  pra quem seja  ou  parta, precisa saber não misturar as  coisas e  os acontecimentos.

Maria Júlia Coutinho, a Maju, garota do tempo do Jornal Nacional, voltou a sofrer ataques racistas na página do JN no Facebook. A equipe do programa colocou na rede social uma foto de Maju e, em seguida, começaram as ofensas.

eguidores colocaram mensagens do tipo “tá na hora do JN parar de postar foto toda preta”, “nossa, que escuridão é essa”, “só conseguiu emprego no JN por causa das cotas, preta imunda” e outras coisas do tipo.

Realmente é até difícil expressar o que se sente quando surge este tipo de coisa pela frente. Os administradores da página do JN já trataram de remover as ofensas racistas, mas há prints rolando por aí feitas por gente que pretende denunciar os usuários que escreveram as tais mensagens. 

E é isso mesmo o que tem de ser feito. Denunciar. Ninguém nem precisa perder tempo discutindo com esse tipo de gente. E o Facebook tem de tomar as medidas, banir estas pessoas, enfim, tomar alguma atitude.




ALERTA MÁXIMO NICOLAS MADURO PRETENDE DECLARAR GUERRA CONTRA A GUIANA NESTA SEMANA NA ASSEMBLEIA NACIONAL E O PRESIDENTE DA GUIANA DAVID GRANGER DECLAROU QUE NICOLAS CONTAMINOU O CARIBE ORIENTAL

CARACAS 05/07/2015
DIRETO
renato santos

O presidente venezuelano, Nicolas Maduro anunciou hoje que na próxima segunda-feira vai apresentar ao Parlamento de seu país que ele chamou de "agressão" contra a Venezuela a partir de Guiana, no âmbito da disputa territorial entre os dois países, informou a Efe.


"Denunciar nesta segunda-feira detalhes, informações precisas, tudo isso agressão foi instaurado contra a pátria", disse Maduro em uma cerimônia em Caracas promoção de oficiais superiores dos vários ramos das Forças Armadas Nacional Bolivariana ( FANB).

Venezuela foi destituído em 1835, 1840 e 1899, o território de Essequibo "com o objectivo de tomar as entradas do rio Orinoco e depois vem reconquistarnos pelo império britânico (...), por isso temos de aceitar provocações Exxon Mobil e insultos o Governo da Guiana ", disse ele.

"As novas conspirações tê-lo ativado pelo Leste e Oeste e na segunda-feira estaremos denunciando e exigindo a unidade nacional", disse ele.

O aparecimento de madura perante a Assembleia Nacional (AN, unicameral) para se referir a questão foi adiada por duas vezes nos últimos dias, aparentemente à espera de esforços diplomáticos no quadro da Cimeira de Barbados pela Comunidade do Caribe (Caricom ), que conclui hoje e que não tenha gerado uma decisão sobre o litígio.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon realizou uma reunião bilateral com o presidente da Guiana, David Granger, que disse após a reunião que a organização oficial multilateral expressou sua disposição para mediar e nomear "uma missão para ele ir Guyana ".

Presidente da Guiana à controvérsia ", ele foi mais longe e contaminou todo o Caribe Oriental; Foi regionalizada ".

Maduro não participar da cúpula e foi representado pelo vice-presidente Jorge Arreaza, que discutiu o assunto com os primeiros-ministros Roosevelt Skerrit de Dominica; e Ralph Gonsalves de São Vicente e Granadinas, conforme relatado por estes.

Gonsalves disse que a situação é "muito grave", enquanto Skerrit reconheceu que chegar a um acordo será "uma tarefa difícil".

Maduro disse na semana passada que uma "manobra internacional", promovido pela "direita" e Exxon Mobil para "provocar Venezuela com problemas com os países vizinhos", mas que, enquanto ele não vai cair em provocações, salientou que não vai recuar não mostrar "fraqueza" quando considerados os venezuelanos para defender territórios.

"Eu estou indo para defender a pátria venezuelana com firmeza, de forma clara e espero que todo o apoio do país, todo o apoio do nosso povo, e todo o apoio da AN unânime", disse.

A disputa de fronteiras abrange uma área de cerca de 160.000 quilômetros quadrados, o que representa cerca de três quartos do território da Guiana, que reagiu a um decreto assinado recentemente pelo Maduro.

Segundo Guayana, Venezuela modificou as suas fronteiras marítimas para incluir a área disputada, que inclui uma área onde recentemente um grande campo de petróleo foi descoberto.

Maduro já culpou o conflito sobre a empresa petrolífera norte-americana Exxon Mobil, liderado nesse território uma grande exploração de petróleo com várias empresas locais.

O mesmo decreto também gerou reação do Governo da Colômbia, que nos últimos dias enviou uma nota de protesto sobre a delimitação de uma zona marítima de disputa com a Venezuela, que é esperado para responder Maduro em sua aparência para o NA.

DENUNCIA : CRIANÇAS DE ALAGOAS GRANDE COMEM RATOS COMO MISTURA E A VERBA DE 4 MILHÕES DE REAIS PARA ATENDER 226 MIL FAMÍLIA DESAPARECE DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA E CADA RECEBE R$ 240,00

DENUNCIA 
GAZETA CENTRAL IRBING INTERNACIONAL
renatosantos
 fonte : 03/07/15 às 17h55 | Por Hyldo Pereira

A escassez de comida na mesa de muitos paraibanos está levando uma família da cidade de Alagoa Grande (na região do Brejo, a 107 km de João Pessoa), à uma situação extrema: caçar roedores para complementar a alimentação. 


Na comunidade Barreiras, no Sítio Tambor, virou rotina crianças saírem quase todos os dias, sempre à tarde, para colocarem armadilhas para 'rato de Junco'. O prefeito da cidade disse que o Município vai ajudar a família, mas que já teria oferecido apoio anteriormente e eles teriam recusado.

A caça ao animal é artesanal e feita em uma lagoa que fica no centro da cidade. Uma das crianças revelou que há uma semana sua família se alimenta com rato, porque não dinheiro para comprar a “mistura” e nem outros alimentos. “A gente vai um dia sim, outro não. A gente mete o pau no ninho e mata os ratos (sic)”, contou um menino de 10 anos.

O registro da situação de extrema pobreza de uma família que é comandada por uma mulher de nove filhos foi feito pelo blogueiro Júlio Araújo. Ele flagrou um grupo de crianças saindo de um matagal com os animais já prontos para o consumo.

“Eu fui até a casa da família para fazer uma reportagem sobre um homem que tinha morrido na comunidade. Quando estava iniciando a matéria, vi as crianças saindo do mato com os animais e todos tratados. 

Perguntei para qual a finalidade dos animais e eles foram enfáticos: para comer. Fiquei chocado com a situação de pobreza da família”, relatou Queiroz, com um tom de emoção.

O imóvel onde a família mora ainda é feito de barro. A casa de poucos cômodos não possui rede de esgoto, a instalação elétrica é feita com gambiarras e não há higiene. 

Para matar a sede, os garotos pegam água de um açude próximo onde não há tratamento adequado para o consumo. “Podemos dizer que é uma pobreza muito grande, que não sei mensurar. 

Fiquei muito chocado e comovido. Eles bebem água barrenta que pegam em um açude. Daí, usei o jornalismo para tentar ajudar essa família e amenizar a dor dessas crianças”, disse o blogueiro.

Apesar de a maioria dos moradores da comunidade ter acesso ao programa Bolsa Família, eles – que sobrevivem com cerca de R$ 240 - afirmam que o dinheiro que recebem não dá para comprar a "mistura" para complementar o almoço e o jantar, e acabam saindo à caça de ratos para suprir a falta de carne nas refeições.

O homem que foi encontrado morto, de acordo com o registro feito na delegacia local, era o chefe da família citada na reportagem e teria cometido o suicídio porque devia R$ 150 a um comerciante na compra de uma cesta básica para alimentação dos filhos. Como não tinha condição financeira para quitar o débito, resolveu tirar a própria vida.

Segundo o Portal da Transparência do Governo Federal, somente este ano, o município de Alagoa Grande recebeu pouco mais de R$  4 milhões e 226 mil par atende os beneficiários do Bolsa Família.

'Rato do Junco'

Segundo Ivonete Márcio, bióloga e integrante da Vigilância Ambiental de João Pessoa, o ‘Rato de Junco’ é uma espécie de animal silvestre de hábitos noturnos semi-aquático. “Não há relato de problemas de saúde em decorrência da ingestão do animal. Em muitas regiões isso é consumido, mas devemos ter alguns cuidados com a higienização. O rato pode transmitir algumas doenças típicas das ratazanas”. 

O animal é um roedor maior que o rato-comum-das-casas, de cor geral avermelhadas na região superior e cinza ventralmente.Alimenta-se de partes de vegetais aquáticos, sementes silvestres e cultivadas,mas podem até chegar a comerem animais invertebrados. Os ninhos são construídos em touceiras de capim, geralmente em terrenos brejosos; suas ninhadas chegam a até 10 filhotes.  


DEPOIS DO PRESIDENTE OBAMA ENCOSTAR A DILMA NA PAREDE AGORA MAIS UMA NOVIDADE: SE DILMA CAIR MADURO FICA SEM APOIO DO BRASIL, POIS CHINA, RUSSIA E CUBA JÁ ESTÃO TIRANDO O APOIO DELE, CASO HAJA NO BRASIL NOVA ELEIÇÃO SE MICHEL TEMER NÃO ACEITAR O CARGO DE PRESIDENTE, MAS NEM PMDB E PSDB QUE NÃO SÃO BURROS VÃO CONTINUAR APOIANDO O GOVERNO ILEGITIMO DE NICOLAS MADURO NA VENEZUELA

GAZETA CENTRAL IRBING INTERNACIONAL
EXCLUSIVO:
renato santos



Depois da  ultima visita da DILMA  ao  ESTADOS  UNIDOS, onde o Presidente  Obama  encostou  ela  na PAREDE bem educado  em relação a  VENEZUELA  e a  prisão  de LEOPOLDO LOPES, agora  é  a  vez, do TCU, que  aqui  no Brasil  chama-se TRIBUNAL DE CONTAS DA  UNIÃO, que ao andar  da  canoagem  pode afundar  de uma vez  o seu governo e  com ela  até  NICOLAS  MADURO.


Pela  simples  razão  nem o PMDB  e  nem  o PSDB  vão querer se  sujar  apoiando  um  governo  fascista e  nazista  , por que, se avaliarmos  bem  nem CUBA  através de  FIDEL ou  RAUL vão continuar  massacrando  o povo  venezuelano se quiserem ter  apoio  dos  ESTADOS  UNIDOS , por que, é  simples a CHINA  já percebeu  que  seria  uma burrice apoiar NICOLAS MADURO, e a RUSSIA  já  sofre  com embarco  econômico imposto  pelos  AMERICANOS.

Fontes confiáveis de Brasilia  já  perceberam algo de estranho, alguns integrantes do PMDB procuraram membros da cúpula do PSDB sobre um apoio caso Michel Temer, vice-presidente da República, assuma o governo no lugar da presidente Dilma Rousseff em caso de impeachment.

Estes peemedebistas avaliam que Dilma dificilmente escapará no segundo semestre do processo no TCU (Tribunal de Contas da União) sobre as “pedaladas fiscais” nas contas do governo no ano passado, que consiste em atraso nos pagamentos a instituições como bancos públicos para melhorar as contas do governo. 

Outro fator de instabilidade é a delação premiada do dono da construtora UTC, Ricardo Pessoa na Operação Lava Jato, que cita ministros como receptores de recursos de caixa 2 para campanhas eleitorais.

O primeiro a ter sido procurado por um integrante da Executiva Nacional do PMDB sobre uma aliança informal no momento foi o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, há dez dias,  FHC teria dito que apoiaria uma coalizão, segundo um peemedebista. 

Porém, o ex-presidente negou que tenha participado de conversas sobre o assunto e afirmou que nem caberia a ele cogitar o que não está na pauta, "apesar de estar preocupado, como qualquer brasileiro, com a instabilidade atualmente prevalecente na política nacional”. 

Também foi feita uma sondagem ao senador Aécio Neves (PSDB-MG) nesta semana e o tema central foi o processo no TCU. 

A assessoria de imprensa do senador não respondeu ao pedido do  sobre essa sondagem. 

Cabe lembrar que Aloizio Mercadante, ministro-chefe da Casa Civil, e Edinho Silva, da Comunicação Social, ambos citados por Pessoa, tentaram conter movimentações na legenda pela saída de Temer da articulação política. 

Mercadante havia pedido a saída do vice da articulação em junho. As movimentações do PMDB neste sentido não têm sido feitas por Temer, segundo relatos ouvidos; já o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), vem defendendo essa alternativa.

Já segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, as principais lideranças da oposição e do PMDB discutem abertamente dois caminhos possíveis movimentos para deflagrar a queda de Dilma já em agosto. 

Há quem defenda a cassação da chapa Dilma-Temer no TSE e a convocação de novas eleições em três meses e outros que defendem uma "saída Itamar", com a saída da presidente e Temer assumindo como um governo de repactuação nacional.

Na saída pelo TSE, está a ala do PSDB ligada a Aécio Neves, que acredita que o senador venceria as eleições dado o recall de 2014. 

Quem defende a segunda alternativa é o PMDB do Senado, ministros de tribunais superiores, juristas e senadores tucanos como José Serra. 

Ministros do TSE dizem que o tribunal é majoritariamente favorável a convocar novas eleições em caso da chapa ser cassada, descartando a possibilidade de Aécio, segundo colocado no ano passado, assumir sem um novo pleito. 


VOCE SABIA : NOS PRODUTOS TEM CORES QUE OS IDENTIFICAM, JÁ OBSERVOU PODE ATÉ SALVAR VIDAS

Essa é uma questão de informação bastante interessante, em mais um dos itens em que não se vê muitas pessoas bem informadas. 

No Brasil e no mundo existem algumas leis que são obrigatórias, mas que as fabricas e empresas não deixam muito especifico sua funcionalidade quando é colocado em seus produtos.

Um bom exemplo disso, são todas aquelas informações que vem estampado nas etiquetas das roupas que vem até em mais de uma linguagem. Você sabe qual o significado daqueles desenhos todos? 

A grande maioria das pessoas não sabe. Isso porque os fabricantes são obrigados pela lei a colocar, mas como não há tanto espaço acaba virando aquele emaranhado de informações estranhas.

Outro bom exemplo de informações em produtos que nem todos sabem o significado, que pode ser ainda mais difícil de decifrar, são as cores das pequenas faixas que são usadas nos tubos de cremes e pomadas existentes no mercado. 

Sabendo seu real significado, pode ser evitado algum tipo de acidente como alergias ou uso indevido. Veja do que se trata:


Veja o significado:

Quando a faixa é verde: os produtos são naturais
Quando a faixa é azul: Produtos naturais pra uso medicinal
Quando a faixa é vermelha: produtos naturais, adicionado composição química.
Quando a faixa é preta: usados somente produtos químicos.

Anuncio

Seguidores

CAMPANHA PRA VENEZUELA

CAMPANHA  PRA  VENEZUELA
PRECISA DE AJUDA HUMANITÁRIA

As principais matérias do blog