GAZETA CENTRAL INSTAGRAM

NECESITAMOS UNA REFORMA LABORAL EN EL PAÍS SOLAMENTE LA ASAMBLEA NACIONAL PODERÁ HACER ESE CAMBIO NECESITAMOS SEPARAR LOS PODERES E DAR AUTONOMIA




RENATO SANTOS 07/10/2016 

RENATO SANTOS, VIENE ANALIZANDO La SITUACIÓN DE Los TRABAJADORES EN VENEZUELA DE ESTE 2014, DONDE SE HACE NECESIDAD DE UNA REFORMA LABORAL SOLAMENTE La ASAMBLEA NACIONAL VENEZUELA PODERÁ HACER ESE CAMBIO, NODOS NECESITAMOS SEPARAR Los PODERES Y DAR AUTONOMÍA . .


La última reforma que se hizo en Venezuela a las leyes que regulan la actividad laboral, se ha considerado como un logro muy importante en cuanto a derechos y estabilidad para el sector laboral según sectores políticamente interesados, se ha dicho que la Ley del Trabajo actual es el más importante logro de los trabajadores y efectivamente se ha notado cierta paz laboral en algunos sectores que antes eran centro de permanentes conflictos.



Es por eso –dice- que es urgente que en el país se proponga la reforma de las leyes sociales, entre ellas la Ley del Trabajo, para garantizar el desarrollo y progreso de los trabajadores, que a la vez significa el desarrollo y el crecimiento de las empresas y centros de trabajo para beneficio de la clases trabajadora y de las empresas e instituciones empleadoras.


El experto indicó, que la mayoría de las instituciones donde se crearon sindicatos paralelos con intenciones políticas, los trabajadores han perdido sus beneficios y hasta sus contratos colectivos porque se desvirtuaron los verdaderos objetivos de la lucha sindical desde el punto de vista de los trabajadores y se desvirtuaron los principios de justicia social.
“Hay beneficios laborales en los últimos años, que tienen que ser fortalecidos, pero sin abandonar los principios revolucionarios que le dan verdadero sentido a la lucha por los beneficios sociales, muy golpeados por cierto, para favorecer intereses distintos a los de los trabajadores y eso solo será posible con una verdadera reforma del estamento legal del sector laboral en Venezuela”.

OITO DEPUTADOS FEDERAIS ENTRE ELES JANDIRA FEGHALI ( RJ) DO PC DO B <<>> IMPETROU MANDADO DE SEGURANÇA ( MS 34448) AO STF QUE SUSPENDA A TRAMITAÇÃO DA PEC NA CAMARA DOS DEPUTADOS





RENATO SANTOS 07/10/2016 O que está por trás da decisão do PGR, e por qual razão que não querem a aprovação da PEC 241. Um grupo formado por oito deputados federais impetrou Mandado de Segurança (MS 34448), com pedido de medida liminar, a fim de que o Supremo Tribunal Federal (STF) suspenda a tramitação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241, na Câmara dos Deputados. 



A proposta legislativa visa instituir um novo regime fiscal para todos os Poderes da União e os órgãos federais com autonomia administrativa e financeira, integrantes do Orçamento Fiscal e da Seguridade Social, pelo período de 20 exercícios, por meio do acréscimo de dispositivos no Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT).
Na ação, os deputados federais do PCdoB Jandira Feghali (RJ), Luciana Santos (PE), Daniel Almeida (BA), Angela Albino (SC), Jô Moraes (MG), Chico Lopes (CE), Alice Portugal (BA) e o deputado do PT Afonso Florence (BA) questionam ato do presidente da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, que permitiu o trâmite da PEC, considerando-o ilegal e abusivo. Sustentam que, além da atual legislatura, a PEC 241/2016 projeta limitações às gestões administrativas de cinco governos federais e cinco legislaturas, restringindo as despesas dos orçamentos fiscal e da seguridade social de cada ano à despesa primária do exercício anterior, apenas corrigida pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), publicado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ou de outro índice que vier a substituí-lo.
Para os deputados, a proposta compromete a separação dos Poderes, o voto direto, secreto, universal e periódico e os direitos e garantias individuais, ao prever que somente o presidente da República, após dez anos de vigência do novo regime fiscal, poderá propor ao Congresso Nacional a alteração do método de correção desses limites. 

No caso do Poder Legislativo, argumentam que a restrição se mostra mais grave e evidente, pois a Câmara dos Deputados, o Senado Federal e o Congresso Nacional são os espaços institucionais destinados constitucionalmente ao necessário juízo de valor político em relação ao orçamento da União. 

Os deputados federais alegam ainda que não podem ser submetidos à apreciação de proposição legislativa que restringe o exercício de atribuições e competências dos Poderes da República, a liberdade dos futuros eleitos e os direitos e garantias individuais, cláusulas pétreas da Constituição previstas no artigo 60, parágrafo 4º.
Pedido
O grupo pede que o Supremo determine ao presidente da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados que se abstenha de submeter a PEC 241/2016 à apreciação e deliberação do Plenário daquela Casa até o julgamento do Mandado de Segurança. No mérito, solicitam o arquivamento definitivo da PEC.
O relator do processo é o ministro Luís Roberto Barroso.

HA UMA DUVIDA QUANTO AO TEMPO DE 20 ANOS <<>>> PGR ENVIA AO CONGRESSO NOTA TÉCNICA CONTRA A PROPOSTA DO NOVO REGIME FISCAL INVADE A COMPETÊNCIA JUDICIAL






RENATO SANTOS 07/10/2016 



A Secretaria de Relações Institucionais da Procuradoria-Geral da República (PGR) enviou ao Congresso Nacional nota técnica contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, de 2016, de autoria do Poder Executivo, que pretende instituir o Novo Regime Fiscal. 


Segundo o documento, as alterações pretendidas são flagrantemente inconstitucionais, por ofenderem a independência e autonomia dos Poderes Legislativo e Judiciário, por ofenderem a autonomia do Ministério Público e demais instituições do Sistema de Justiça e, por consequência, o princípio constitucional da separação dos Poderes, o que justifica o seu arquivamento ou a alteração do texto.

"A PEC 241 institui o Novo Regime Fiscal pelos próximos 20 anos, prazo longo o suficiente para limitar, prejudicar, enfraquecer o desempenho do Poder Judiciário e demais instituições do Sistema de Justiça e, nesse alcance, diminuir a atuação estatal no combate às demandas de que necessita a sociedade, entre as quais o combate à corrupção, o combate ao crime, a atuação na tutela coletiva, a defesa do interesse público", diz a nota. 

Conforme o documento, a proposta de contenção de gastos invade competência orçamentária do Poder Judiciário e demais instituições do Sistema de Justiça de maneira drástica e indiscriminada, podendo inviabilizar o adequado exercício e desenvolvimento de suas funções constitucionais e institucionais.

A PGR analisa que, considerando o teor da PEC 241, o Sistema de Justiça suportará, pelos próximos 20 anos, importante diminuição, pois estará impedido de: ampliar sua estrutura, promover despesas com investimentos, nomear novos membros e servidores, promover os reajustes das despesas com pessoal e encargos sociais dos agentes públicos, estabelecidos em lei ou projeto de lei acordados com o Poder Executivo, efetuar despesas com inativos e pensionistas, entre outros aspectos.

"Há que se assentar a inconstitucionalidade da PEC 241 nos moldes em que delineada, sob pena de se incutir no Poder Executivo a ideia de um 'super órgão' que, a pretexto de trazer a trajetória da dívida pública para níveis sustentáveis, passará a controlar os demais poderes ainda que de maneira indireta, inviabilizando o cumprimento de suas funções constitucionais e institucionais, o que contrariaria de maneira flagrante a ordem constitucional vigente", sustenta a nota.

Alterações - Caso superada a alegação de inconstitucionalidade, a PGR indica que a proposta pode ser alterada para que o Novo Regime Fiscal tenha vigência por dez exercícios financeiros, com revisão a partir do quinto exercício; e promova a distribuição/transferência do saldo positivo de receitas (fruto do esperado crescimento real da economia, baseado em projeções para o desempenho do Produto Interno Bruto - PIB) para as instituições típicas de Estado, em especial o Poder Judiciário e demais instituições do Sistema de Justiça, evitando, assim, o enfraquecimento ou paralisação de funções essenciais à Justiça.

Outras alterações sugeridas são: excetuar, do limite de gastos sugerido pela PEC despesas com as atividades de combate à corrupção, reajustes de pessoal, despesas com inativos e pensionistas, projetos de lei com criação de cargos e custeio de obras acabadas; e modificar o limite para a despesa primária prevista no Projeto de Lei Orçamentária (PLOA) do exercício anterior, promovendo maior segurança no planejamento orçamentário.


VOCE TOMA LEITE, GOSTA DE QUEIJO ? MAS NÃO SABE POR QUE O BRASIL PRODUZ TÃO POUCO <<>> VEJAM O QUE O PT FEZ DURANTE SEUS 20 ANOS DE PODER






RENATO SANTOS 07/10/2016  Você que toma leite ou seus derivados parou para pensar de onde esta vindo a matéria prima ? Acho que nunca perguntaram sobre isso não é verdade.

Bom agora saberão que estão usando leite do Uruguai, mas por que desse País, foi a forma que o pt comunista encontrou para quebrar os nossos produtores, entendam por que o queijo é o mais caro da América Latina, com exceção da VENEZUELA.




OS NOSSOS PRODUTORES :

Os produtores de leite e derivados da Região Sul, principalmente do estado do Rio Grande do Sul, têm enfrentado sérias dificuldades nos últimos meses em virtude do aumento da importação dos laticínios do Uruguai. 

Além disso, a queda dos preços do leite vem ocorrendo desde o mês passado e deve continuar até o fim do ano. Esse é parte do panorama apresentado nesta sexta-feira (7) em seminário promovido pela Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA). 

A senadora Ana Amália (PP-RS), presidente da comissão, conduziu os debates e lembrou que há 850 mil famílias produtoras de leite no Brasil.

NÃO TEM COMO CONCORRER :

O presidente do Sindicado da Indústria de Laticínios e Produtos Derivados do Rio Grande do Sul (Sindilat/RS), Alexandre Guerra, informou que 105 mil famílias são produtoras de leite no estado, ou seja, mais de 300 mil pessoas estão diretamente envolvidas social e economicamente nesse setor. Segundo Guerra, o Rio Grande do Sul responde por 13% da produção nacional de leite. 

Ele pediu a diminuição das importações vindas do Uruguai, pelo menos temporariamente, pois os produtores brasileiros não têm como concorrer com os preços baixos do vizinho.

com informações
agencia senado 

Preços defasados

O presidente da Aliança Láctea Sul Brasileira, Jorge Rodrigues, disse que a situação está bastante crítica, pois os preços estão defasados desde o ano passado. A partir de maio de 2016, a situação ficou mais preocupante pelo aumento do volume importado do Uruguai. 

Principalmente de leite em pó, que só pode ser importado para ser reidratado na região atendida pela Sudene, por força de normativas do Ministério da Agricultura.
Jorge Rodrigues explicou que a situação com o leite argentino foi solucionado por meio de acordo extraoficial entre os setores privados daquele país e do Brasil. 

Ele pediu a revogação da Instrução Normativa 26 do Ministério da Agricultura, para diminuir o impacto do leite em pó uruguaio na balança comercial brasileira.
— Não estamos com falta de leite no Brasil, por que importar? Estamos prejudicando nossa produção com importação desnecessária. Há desequilíbrio no volume de exportação do Uruguai — disse Jorge Rodrigues.

Com tudo isso gera tres preocupações um do pequeno produtor, outro produção baixa  e  a ultima  cotas proibidas.
Já o representante da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag), Nestor Bonfanti, disse que os produtores de leite do Brasil ficam à mercê da variação de preços, o que prejudica esses trabalhadores. Ele propôs que seja estabelecido um preço-mínimo para o leite nacional, para proteger principalmente o pequeno produtor, que nunca sabe exatamente quanto receberá pelo leite produzido.

Os representantes do Ministério da Agricultura, Gustavo Cupertino Domingues e João Salomão, informaram que os maiores produtores de leite do mundo são a União Europeia, Índia, Estados Unidos, China, Rússia e Brasil. 

Eles acrescentaram que o Brasil é o sexto maior país consumidor de laticínios e que a produtividade brasileira ainda é baixa se comparada à média mundial.
Eles também justificaram a normativa que permite a reidratação do leite em pó uruguaio por ser permitida apenas na região da Sudene, ou seja, áreas que sofrem restrição de oferta.


Por sua vez, o representante do Ministério das Relações Exteriores, o diplomata Otávio Brandelli, explicou que a Organização Mundial do Comércio (OMC) não permite que sejam estabelecidas restrições quantitativas no comércio internacional. 
— Oficialmente, as cotas de limitação de quantidade de comércio são proibidas mundialmente. Nenhum país quer ver suas exportações limitadas — disse Brandelli.
Ao final do encontro, a senadora Ana Amélia leu mensagens e perguntas enviadas por cidadãos de todo o país durante a audiência pública, que foi interativa.

EDUCAÇÃO SUPERIOR SAINDO DO ABISMO : EXISTE A POSSIBILIDADE DE ADOTAR O TCC COMO AVALIAÇÃO FINAL PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO <<>> QUAL SUA OPINIÃO PARTICIPEM






RENATO SANTOS 07/10/2016  Educação no Brasil já faliu a muito tempo, no caso dos Universitários ficou ainda pior, as faculdades cobram preços fora da atual realidade econômica brasileira, por não inverte essa situação, mas começaram a dar seus primeiros passos, na verdade precisaria fazer mais.




As empresas bem que poderiam ajudar seus funcionários, pagando a metade do curso , olha as oportunidades que perdem, no caso do curso de administração,entre outros, quanto as escolas estaduais, deveriam chamar os professores que estão desempregados para lecionar e concluir seus cursos, os caminhos são desafiador se tiver coragem e peito vai melhorar e muito, quanto a OAB, parem de ser arrogantes, abrem as inscrições para quem estiver começando estudar ciência jurídica possa ter seu nome no registro na própria entidade, como estudante do curso ciência jurídica, e passando por pelo exame da ordem no primeiro ano.


Mas de tantos caminhos parece que sai uma luz no fundo do abismo da educação.

Anteprojetos de lei poderão ser apresentados como trabalhos de conclusão de curso (TCCs). Essa é a ideia do Projeto de Lei do Senado (PLS) 358/2016, de autoria da senadora Rose de Freitas (PMDB-ES). 
A proposta inclui na Lei de Diretrizes e Bases da Educação - LDB (Lei 9.394/1996) a possibilidade de se adotar o TCC como avaliação final para cursos de graduação.
Os TCCs já estão nas diretrizes do Conselho Nacional de Educação (CNE) como forma de se avaliar o aluno ao final do curso. 

Mas a intenção é sanar a lacuna que a LDB deixou ao não abordar "a real importância do TCC", ressalta Rose na justificativa do projeto.
O PLS também inclui na legislação a elaboração de anteprojetos de lei como uma possibilidade de trabalho de conclusão de curso. 

Para a senadora, a medida é mais uma opção para divulgar o processo de criação de leis no Brasil.
— Pensamos que incluir a elaboração de anteprojetos de lei como alternativa para os TCCs é uma medida que pode disseminar, na educação superior, o conhecimento sobre os requisitos para a aprovação das leis e, dessa forma, contribuir para concretizar o art. 205 da Constituição Federal, que prevê que a educação neste País deve visar o preparo da pessoa para o pleno exercício da cidadania — argumentou.
O projeto de lei foi recém-apresentado no Senado e será analisado em caráter terminativo pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE). Se aprovado sem requerimento de revisão pelo Plenário, seguirá direto para exame da Câmara dos Deputados.



A VERDADE SENHORES <<>> SAIBAM POR QUE GUTI NÃO ASSINOU EM 2011 A FARSA








08/10/2016 NOTA DO EDITOR : Em primeiro lugar não é de nosso costume publicar noticias sem ter veracidade dos fatos, as matérias sobre o GUTI em 2011, saíram no portal GUARULHOS WEB, e la constava onde o nome do GUTI como não assinou, portanto a informação passada pelo ZINHO MANESSES não são inverídicas.



Mas outros nomes  até do próprio PT, aparecem,  ZINHO não tem obrigação nenhuma de verificar o conteúdo, só postou uma coisa errada ao ampliar a foto do GUTI e como se fosse uma noticia, VEJAM : VEREADORES NÃO INSTAURAM COMISSÃO PARA INVESTIGAR 4 MORTES DE CRIANÇA NO HMC, ". 

Até ai não tem problema nenhum pois é desse jeito que o título da matéria está, para chamar atenção, a pergunta que fica é por que fazer a  montagem  da foto .



Se abre uma CEI, o resultado dela seria o envio dos documentos ao próprio Ministério Público
O que eles já tinham, portanto Guti não quis participar do teatro proposto na época pelo chamado Centrão.


RENATO SANTOS 07/10/2016   A politica de Guarulhos, realmente é de pegar " fogo", quem trabalha com imprensa tem uma " panela" para colocar no fogão. 


A poucos dias,da eleição do segundo turno o que se percebe é jogo de ambos lados, tanto do ELI x GUTI, a qual faz parte da democracia se não fosse assim ficaria uma coisa chata.

Só estamos escrevendo não por causa da política, simplesmente não se podia postar isso nas redes sociais é muita crueldade, a GAZETA CENTRAL decidiu  publicar o nome da pessoa que postou.




a postagem não é de qualquer pessoa trata-se do Zinho Manasses: Veja a resposta dele .
 continuo
sou da executiva do partido
um dos fundadores deste novo pmdb
em Guarulhos



VEJAM SENHORES A REPERCUSSÃO ISSO MOSTRA QUE O FATO NÃO FOI ESQUECIDO :

    GUTI NÃO ME REPRESENTA!!!
    O Ano da votação foi em 2011, mas o mesmo que votou CONTRA A INVESTIGAÇÃO DA MORTE DE 14 CRIANÇAS, Hoje(2016) quer ser Prefeito, oque será do Futuro se ele for eleito?

    CurtirMostrar mais reações
    Comentar
    Comentários
    Josiane Nunes o pessoal ta tratando o GUTI que nem um santo.... mal sabem o que está por vir... acham que com 2 mandatos de vereador, já é capacitado pra ser prefeito... ainda mais no qual como vereador ele não fez merda nenhuma só ficou de picuinha na camara dos vereadores, NÃO FEZ NADA PELA POPULAÇÃO, não asfaltou UMA RUA, não fez nada ....
    CurtirResponder32 h
    Carla Gonzaga Eu voto Eli Corrêa 25 
    Não importa que ele não seja da cidade o importante é a sua conduta e não as denúncias contra sua família
    Eu sou Eli tem que ser Eli
    CurtirResponder22 h
    Ivan Claudio Guedes Põe o nome dos outros vereadores também. Ou essa foi uma decisão unilateral e imposta pelo Guti?
    CurtirResponder2 h
    Lucas Vinicius #Guti40!!!!! Eli, devolva o dinheiro de guarulhos.
    CurtirResponder2 h
    Renato Santos Gazetacentral

    Escreva um comentário...


    Queiroz Queiroz compartilhou a publicação de Felipe Martines— com Zinho Manasses.
    9 h

    -4:39

    Felipe Martines com Zinho Manasses.
    Vamos ajudar a mudar Guarulhos... A opinião do povo deve ser expressada. Pessoas q não aceitam a opinião do povo não deve estar no poder da nossa cidade...
    #EliCorreiaparaPrefeito...

    CurtirMostrar mais reações
    Comentar
    Comentários
    Renato Santos Gazetacentral
    Escreva um comentário...
    Olha só, que coisa feia em Vereador Guti, querendo processar as pessoas pela sua Livre Liberdade de Expressão, querendo pedir a exclusão do Facebook dos outros só porque aqui todos sabem que você é um MOLEQUE, e não tem o mínimo preparo pra ser Prefeito de Guarulhos.
    VEREADOR GUTI, aqui temos uma Justiça que Clama pela nossa DEMOCRACIA, se você não sabe o que é isso, o seu INDEFERIMENTO em querer processar as pessoas pela sua LIVRE LIBERDADE DE EXPRESSÃO.
    Isso mostra c...
    Ver mais

    0:00

    177 visualizações

    CurtirMostrar mais reações
    Comentar
    Comentários
    Zinho Manasses Não converso com FAKES..... Coloca o peito a mostra,

    E vamos debater, Muleke. Atitude de rato, parabéns, está no grupo certo!
    CurtirResponder15 hEditado
    Valeska Carvalho Olha o recalque pipipipi kkkk
    CurtirResponder15 h
    Dinha Alves Esse pessoal do Guti maioria é FACKE, não tem moral !!!
    CurtirResponder13 h
    Dinha Alves Cuida Da Sua vidA facke vírus, vai fazer algo produtivo pro seu candidato. Vou te bloquear dispenso seus comentários tão imbecis quanto seu candidato que gosta de sair processando tudo mundo !!!
    CurtirResponder2 h
    Renato Santos Gazetacentral
    Escreva um comentário...
    Zinho Manasses foi marcado em um vídeo.
    Bom dia... Guti, esta é a pessoa que querem para governar nossa cidade nos próximos 04 anos! A opinião deve sim ser expressada! Vamos todos compartilhar!!!!

    -4:38

    550 visualizações

    CurtirMostrar mais reações
    Comentar
    Bom dia... Guti, esta é a pessoa que querem para governar nossa cidade nos próximos 04 anos! A opinião deve sim ser expressada! Vamos todos compartilhar!!!!

    0:00

    550 visualizações

    CurtirMostrar mais reações
    Comentar
    Vamos ajudar a mudar Guarulhos... A opinião do povo deve ser expressada. Pessoas q não aceitam a opinião do povo não deve estar no poder da nossa cidade...
    #EliCorreiaparaPrefeito...

    0:00


    CurtirMostrar mais reações
    Comentar
    Comentários
    Vali Seifert Estou com vc Zinho Manasses Eli Corrêa Filho
    CurtirResponder120 h
    Rafael Garcia sou Guti 40... rsrrsrs o respeito muito zinho , mas isso nao meu convenceu ... fica para próxima.. rs
    CurtirResponder4 h
    Ivani Freitas Parabéns, tudo de bom...
    CurtirResponder12 h
    Renato Santos Gazetacentral
    Escreva um comentário...
    "Em meio a guerra, nasce a esperança"
    Te AmoOoooOoOo meus amores :D

    CurtirMostrar mais reações
    Comentar
    Comentários
    Valeska Carvalho Meus amoressssss lindosss
    Valeska Carvalho 😇😇😇😇😇😇
    Daniele Duarte Amooo!!! 
    Zinho Manasses Te amo amor........

Enquanto ao GUTI, antes de mais nada deve uma explicação via nota ou entrevista, não ter tempo não é desculpa. Sim ele foi irresponsável nesse sentido deveria ter ficado a favor da CEI, em 2011, não vamos aqui defender o que é fato ( errado), queremos ser transparentes o mais possível.  A nossa obrigação é de informar apenas isso.

De fato os vereadores que foram contrários a CEI, não foi somente o GUTI, e sim os demais 24 vereadores a qual alguns deles votaram nessas eleições de 2016.

Erraram feio, pelos seus interesses pessoais, se essa Comissão estivesse sido realizada o péssimo secretário da saúde não estaria mais no cargo, mas, fica outra pergunta cade a atuação do Ministério Público Estadual que precisa ser revista ou cobrada, agora a dor das mães que perderam seus filhos como ficam, cabe ao GUTI E O ELI CORREIA dar uma resposta para a sociedade fica esse desafio aos dois candidatos, o assunto senhores não morreu, basta tocar nas feridas para lembrar que dá o tapa esquece, mas que leva não .

Antes de mais nada o nosso papel é de trazer informação e não julgar as pessoas que são candidatos, e que cada um deles terão o direito a resposta garantido em Lei.

No dia 29 de junho  de 2011, no portal do , GUARULHOS WEB, foi publicado que os vereadores não instaurariam a Comissão para investigar as 14 mortes do HMC 

Vereadores não instauram Comissão para investigar as 14 mortes do HMC

Wellington Alves - Foto: Ana Paula Almeida    29/06/2011 08:35

Na matérias , os vereadores guarulhense não querem instaurar uma Comissão Especial de Inquérito ( CEI) na Camara MUnicipal para investigar as falhas que podem ter resultado na morte de 14 crianças no Hospital Municipal da Criança ( HMC), da época . Essa proposta tinha mostrado um novo cenário político no Legislativo.

Cita-se nomes de vereadores como HELENA SENA ( PSC),líder do Centrão até junho, abandonou o grupo e retomou a base governista.

Em 31 de maio, o Centro de Vigilancia Sanitária ( CVS), órgão vinculado a Secretaria de estado da Saúde, interditou a UIT do HMV, por diversas falhas.

Na sessão o senhor Carneiro vereador, entegou um dossie para os demais parlamentares no intuito de tentar as tres assinaturas restantes. Entre os documentos estavam auntos de infração da Vigilancia Sanitária que desde fevereiro apontavam diversas falhas no HMC.

O ficialmente a Secretaria Municipal de Saúde afirma que os óbitos não tiveram relação com as falhas na UTI, nem com possíveis infecções hospitalares. O caso é investigado pelo Ministério Público do estado de São Paulo e por sindicâncias na própria secretaria municipal.

Na visão dos políticos da época :  Para Carneiro,a Prefeitura deveria ter corrigido os erros quando recebeu as notificações. " As mortes tem relação com os problemas na UTI, diz o líder do PSDB, vereador ROMILDO SANTOS, afirma que o Centrão quer usar os tucanos como moeda de troca para obter vantagens e, por isso, o partido não concorda com a CEI.

" ... Nós, propomos investigação nos casos Agua e Vida. tachões e Quitaúna e o Centrão nunca concordou. fazemos oposição propositiva e não raivosa com eles"., afirma . Segundo o líder do Governo, vereador José LUiz ( PT), os parlamentares estão atentos aos problemas no HMC pela Comissão de Saúde do Legislativo. " A criação de uma CEI é uma tentativa de antecipar a disputa eleitoral de 2012,afirma. 

Lembrando que 1998, NÉFI TALES ( in memória) era prefeito de Guarulhos, a Camara Municipal instaurou uma CEI para investigar oito mortes na UTI do HMC. Na época, não se constatou falhas por parte da Prefeitura que pudessem contribuir para os óbitos.

Continuando para não cair no erro.VEJAM AS LISTAS DE VEREADORES QUE FORAM A FAVOR DA CEI DE 2011 E OS CONTRAS, ESSES NEM DEVERIAM SER REELEITOS EM 2016 .


Esse são os favoráveis a CEI EM 2011..

AGORA AOS CONTRÁRIOS DA CEI DE 2011



 No mesmo assunto que foi publicado pelo mesmo portal de noticias, vejam o que encontramos:

Negligência da Secretaria Municipal da Saúde contribuiu com mortes, afirmam vereadores


matéria publicada no dia 30 /06/2011

Afirmação de José Mário (PTN) é compartilhada por Eduardo Carneiro (PSL) e Ricardo Rui (PPS), que defendem investigações.

Nessa outra a Camara reconheceu o fato ocorrido.

Mas também o Ministério Publico não se manifestou


HOUVE SIM NEGLIGENCIA DE TODOS OS ENVOLVIDOS E SUAS MÃES QUE SÃO AS VÍTIMAS FICARAM SEM RESPOSTAS, SE OS DEMAIS VEREADORES TIVESSEM FEITO A CEI, HOJE ESSAS SENHORAS TÃO SOFRIDAS NÃO TIVESSE LEMBRANDO OS FATOS, SENHORES SÃO 14 CRIANÇAS MORTAS NUM DOS PIORES CASOS QUE OS ENVOLVIDOS DEVERIAM ESTAR NA CADEIA., SOMENTE OITO VEREADORES FORAM FAVORÁVEIS AO PROCESSO, E OS DEMAIS. COMO FICAM SUAS CONSCIÊNCIAS NÃO É MESMO ?


Anuncio

Seguidores

CAMPANHA PRA VENEZUELA

CAMPANHA  PRA  VENEZUELA
PRECISA DE AJUDA HUMANITÁRIA

As principais matérias do blog