Para os Ministro do STF Lula não tem chance e o PT sonda nos bastidores nomes como CYRO GOMES ou FERNANDO HADDAD como possíveis candidatos em 2018






RENATO SANTOS 14/07/2017  As  coisas  são  engraçadas  no Brasil,  está  mais que  provado que  Lula  cometeu  crimes, mas  ele na  sua  arrogância  não  assumi e  ainda quer  ser conhecido  como Herói, e  afirma  em tom  ameaçador  "  Quem pensa que  eu desistir  vão quebrar a  cara", não  ha  limites pra quem esta  acostumado  em  citar  ódios e  dividir  o País, mas a Justiça que  não esta  corrompida  como ele  precisa dar sinais  de estar  funcionando corretamente.



E não  é  só ele,  todos  os  envolvidos na CLEPTOCRACIA precisam  ser   responsabilizados  pelos  seus  crimes, não importa  quem  seja, e  ter  seus  bens  confiscados pela JUSTIÇA e  o  dinheiro ser  devolvido  para a  UNIÃO,a qual foi  usurpada nesses  anos  dos  traidores da  Nação no  Poder.

Querem  conseguir  algo  vão  trabalhar, nada  é  fácil,  o dinheiro  veio  do   nosso suor de  trabalho,  e não  usurpar  o País  inteiro  com  programas  chamados  sociais  que  só  ficou no  papel  ou  em  compras de  votos tanto  dos  deputados, senadores e de brasileiros  corruptores.

Em  meio  a  condenação  do  Lula, os  Ministros  do STF  estão colocando  suas  "  barbas  de  molho",  isso  é,  nos  bastidores da  Suprema  Corte  podemos  sentir  ares  já  se  confirmando que  alguns  vão pensar  duas vezes  antes  de  dar  seu  voto  a favor da  defesa  do Réu Condenado.

O  que  podemos  ver,  a  traição do PT  contra  o povo e de pessoas  que estão  com rabo  preso  com  o mesmo,  começar a mostrar  a sua cara, se  ver  também, que  O STF  vai  passar por  mudanças  rápida, porém, necessária e  moderada,  não podemos atacar a  instituições, mas aos  traidores que se venderam restam a  eles  dar  suas  caras  para  nós Brasileiros conhecermos.

Não se  trata  de  Justiça Politica e  sim de crimes  cometidos pelo  Réu, mas, ainda  é  grave  por  crime de LESA PÁTRIA, quando  desviou o  dinheiro público para  bancar  as  ditaduras em  outros  países,  como é o caso da  VENEZUELA, do PERU, onde o ex presidente está  preso  por  corrupção, e  outros processos,  como de  CUBA  do  porto,  isso, ainda  estamos falando do BNDES que  não foi aberto.

A  sua  pena de Reclusão poderá passar a 30  anos de  cadeia, mas não esperem  ver  o LULA preso por  causa  da LEI  que favorece aos anciãos, mas  a sua   morte  politicamente  correto, isso  é  ao  contrário de que  ele  afirma, não  poderá sair candidato a  nada.

Ministros do STF não veem chance de liminar garantir candidatura de Lula - e petista deve ungir substituto ,  em  meio a condenação  do ex  presidente de   vulgo  LULA, o que podemos  verificar é  a afirmação do Presidente do TRF4, será julgado  na  segunda  instância  antes das  eleições.

Isso por  que, se  for   condenado  na segunda  Instância como   todos  nós da  sociedade queremos  que  se faz  necessário  pelos crimes  cometidos  pelo Réu, até  15  de  agosto  de 2018, pois  é a  data  que  se encerra para  o registro da candidatura, do registro  no TSE, não poderá  concorrer  ao cargo  letivo.

Para  o STF, não  ficar  como  vilã na  história  do  Brasil,  como vem  sendo  criticados  nas redes  sociais, nos  bastidores já  se cogitam que desta  vez  não  terá  a  possibilidade de rever a sua condenação, claro que ainda  temos  algo estranho no STF, alguns  traidores  do País  poderá dar  seu voto favorável a LULA, mas  com certeza,  estará  afirmando  as  verdades  que são  ocultadas  aos  Ministros da  Suprema  Corte.

Trata-se  de liminares  que  poderão  abrir caminhos  para  o Reú  concorrer, mas, diante de  várias  declarações do mesmo contra  os Ministros  do STF,  seu caminho  é  bem curto e lento

Sonda-se  por  esse momento a  questão de lançar  CYRO GOMES a presidente   pelo PT  ou   FERNANDO  HADDAD, seria  esse o  plano  B   do partido,  pois  é dada  como certa apesar  de  não  confirmarem  a  condenação de LULA na segunda Instância.


Internauta é condenado a 2 anos de prisão por ofensa a nordestinos






RENATO SANTOS 14-07-2017  As  pessoas que utilizam as redes  socias precisam ter mais cuidado, com o que comentam, não há necessidade de ofender as pessoas, mesmo estando dentro da razão, precisamos de mais coerência e respeito as outras pessoas.

Um internauta de 46 anos, morador de Pindamonhangaba (SP), foi condenado a dois anos e quatro meses de prisão por ofender nordestinos na extinta rede social Orkut, em 2006.



O tempo da pena foi revertido Tribunal Federal em prestação de serviços à comunidade e pagamento de multa de dois salários mínimos. O processo seguem em segredo de Justiça.

O post ofensivo foi publicado em uma comunidade intitulada "Poder Paulista". Na postagem, o internauta chamava nordestinos de "bocas famintas" e "dejetos do Governo Federal". O homem também sugeria que "voltassem do buraco de onde vieram’.
Em defesa, o homem argumentou que as publicações tinham o objetivo de incitar discussões racistas e entender as ações de pessoas preconceituosas. O advogado de defesa, Leonardo Máximo, alegou que as ofensas faziam parte de uma experimentação literária.
“A publicação fazia parte de um estudo literário para um livro que foi publicado pelo réu. O meu cliente morou por alguns anos em Pernambuco e é casado com uma pessoa de raízes nordestinas. Ele não tem preconceito”, argumentou Leonardo.

A 8 turma do TRF 4 Negou habeas Corpus em Favor de Marinalvo Rozario Escalfoni e paulo Roberto Gomes Presos Preventivamente na 40 Fase da Operação Lava Jato






RENATO SANTOS  14 /07/2017  A 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou hoje (12/7), por unanimidade, habeas corpus em favor dos empresários Marinalvo Rozario Escalfoni e Paulo Roberto Gomes Fernandes, representantes da empresas Liderrol e Akyzo, presos preventivamente na 40ª fase da Operação Lava Jato, ocorrida em maio deste ano.



Escalfoni e Fernandes, segundo as investigações da Polícia Federal, teriam criado as empresas com a finalidade exclusiva de lavar ativos por meio de contratações simuladas de serviços terceirizados com as grandes empreiteiras do esquema criminoso envolvendo a Petrobras. O dinheiro recebido como pretenso pagamento seria repassado a agentes da Petrobras que então distribuiríam a agentes políticos e partidos.

A defesa alegou que a prisão baseia-se apenas em delações e que não há certeza da ocorrência dos delitos apontados contra os clientes. Argumentaram ainda os advogados que as prisões não podem servir de pena antecipada.
Conforme o desembargador federal João Pedro Gebran Neto, relator dos processos da Operação Lava Jato no tribunal, as provas não se restringem aos depoimentos dos colaboradores, havendo um bom acervo documental com relação a contratos simulados utilizados pelas empresas geridas pelos investigados. “Os depoimentos encontram-se guarnecidos por quebras de sigilo bancário e fiscal que apontam intensa movimentação de valores”, observou Gebran.

O desembargador chamou a atenção em seu voto para o fato de que os réus seguiram atuando mesmo após dois anos do início das investigações. “Nem mesmo o estágio avançado da Operação Lava Jato desestimulou a prática criminosa, tendo havido pagamento de propina da Akyzo/Liderrol até junho de 2016”.
Segundo Gebran, as diversas fases da Operação Lava Jato revelaram um quadro perturbador de corrupção sistêmica e estão presentes os pressupostos justificadores das prisões peventivas, ou seja, boa prova de materialidade e autoria e risco à ordem pública e à instrução penal. “Mostra-se inevitável a adoção de medidas amargas que cessem a cadeia delitiva e sirvam de referência aos que tratam com desprezo as instituições públicas, sempre acreditando na impunidade”, afirmou o desembargador.

En la Isabelica, GNB Y PNB: ¿Quieren plomo? ¡Van a tener plomo!”





RENATO SANTOS 14-07-2017 La Guardia Nacional Bolivariana (GNB) y la Policía Nacional Bolivariana (PNB) reprimieron la noche este miércoles en el sector 5 de la urbanización La Isabelica, luego que manifestantes trancaran la avenida Este Oeste 1 al regresar del entierro de Rubén González, joven asesinado el pasado lunes en ese mismo lugar.



Vecinos afectados del sector denunciaron que funcionarios de esos cuerpos de seguridad del Estado, mientras corrían por las angostas veredas hacían múltiples detonaciones de perdigones y bombas lacrimógenas, algunas vencidas.

Los manifestantes intentaban huir del ataque de los efectivos castrenses y estos al no poder atraparlos, arremetieron contra los carros que se encontraban en el estacionamiento detrás de la Policlínica Elohín.
“Quieren plomo van a tener plomo”, era lo que decían los funcionarios a los vecinos, contaron testigos. Al menos seis carros sufrieron daños, entre ellos un Chevrolet modelo Aveo color plata; un Renault modelo Clio color azul marino, un camión, un Chevrolet modelo Lumia color azul, un Chery color plata y una Hyundai modelo Tucson color azul marino.
Otra noche de terror vivieron los vecinos de la urbanización más grande de Latinoamérica, esta vez en el sector 5. “Forzaron la puerta de mi casa” comentó una señora minutos después de la fuerte represión. “Recogí todas las bombas que lanzaron aquí en mi casa”.
Una señora de la tercera edad aseguró que es un psicoterror lo que ha creado la GNB. “Todos estabamos tirados en el piso”.
En una de las casas afectadas, la dueña manifestó que tiene dos menores de edad. “Si abro la puerta me los matan a golpes”. Tuvo que gritar que tenía niños en la casa para que la GNB Y PNB dejaran de atacar.
Con piedras y con las mismas armas, los cuerpos de seguridad del Estado causaron destrozo en los autos.
Una joven explicó que como a las 7: 40 p.m llegaron cuatro tanquetas y comenzaron la represión. “Hoy recibimos a Rubén González en el sector y fuimos al cementerio para darle el último adiós. Cuando regresamos trancamos la vía y luego llegaron los guardias”.

23 puntos para simulacro electoral funcionarán en Carabobo





RENATO SANTOS 14-07-2017 El próximo domingo 16 de julio se realizará en Venezuela el simulacro electoral de cara a los comicios para elegir los integrantes de la Asamblea Nacional Constituyentes (ANC), y los electores podrán ubicar los puntos habilitados para tal fin en el portal web del Consejo Nacional Electoral (CNE).




Para este proceso, el ente rector del Poder Electoral activará aproximadamente dos mil máquinas en todo el territorio. En los municipios capitales se habilitarán entre 50 y 55 centros de votación completos, en los que los electores pasarán por los diferentes puntos de la herradura para ensayar el proceso. En Carabobo se instalarán 23 centros
Además de permitir al votante familiarizarse con el proceso comicial, esta jornada ayudará a medir la capacidad logística y operativa del CNE.
PUNTOS EN CARABOBO
Municipio Bejuma: Preescolar El Rincón, Urbanización El Rincón
Municipio Carlos Arvelo, Güigüe: Jardín de Infancia Lino de Clemente II, sectorTurén
Municipio Diego Ibarra, Mariara: Aldea Universitaria Mariara, sector Mariscal Sucre
Municipio Guacara: Escuela Profesor Manuel Arocha Ojeda Barrio Mocundo
Municipio Montalbán: Escuela Bolivariana Rómulo Gallegos, sector Rómulo Gallegos
Municipio Juan José Mora, Morón, Escuela Técnica Robinsoniana Petroquímica y Agroambiental Alí Primera, Urbanización Palma Sola
Municipio Puerto Cabello, Democracia, Grupo Escolar Taborda, Urbanización Pinaud
Municipio Puerto Cabello, Goaigoaiza, Unidad Educativa Inicial Año Internacional del Niño, Urbanización Santa Cruz, sector 7
Municipio Puerto Cabello, Bartolomé Salóm, Escuela Barrio Esteban, Urbanización San Esteban, sector 1
Municipio San Joaquín, Escuela Graduada Pedro Gual, sector El Carmen
Valencia, Candelaria, Grupo Escolar Juan Antonio Michelena, barrio Fernando Figueredo
Valencia, Miguel Peña, Unidad Educativa Estadal José Regino Peña, Barrio Luis Herrera
Valencia, Miguel Peña, Escuela Básica Estadal Raúl Villarroel, Barrio La Florida
Valencia, Miguel Peña, Escuela Básica Estadal Doctor Francisco Espejo, barrio Monumental
Valencia, Santa Rosa, Escuela Rafael Saturno Guerra
Valencia, Santa Rosa, Grupo Escolar Bejuma, barrio La Milagrosa
Valencia, Rafael Urdaneta, Escuela Básica Las Palmitas, Urbanización Las Palmitas
Valencia, Rafael Urdaneta, Escuela Estadal Humberto Celli, barrio 3 de Mayo
Municipio Miranda, Escuela Básica Bolivariana doctor Simón Arocha Pinto, sector Centro
Municipio Los Guayos, Escuela Básica Licenciada Elisa Guevara de Cáceres, sector Casco Central
Municipio Naguanagua, Escuela Nacional Raúl Leoni, barrio Colinas de González Plaza
Municipio San Diego, Unidad Educativa Los Magallanes, Urbanización Popular Los Magallanes
Municipio Libertador, Tocuyito, Escuela Básica Estadal Cleopatra Casanova, sector Nueva Valencia

Gazeta Central Google

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Espaço Publicitário

Seguidores

CAMPANHA PRA VENEZUELA

CAMPANHA  PRA  VENEZUELA
PRECISA DE AJUDA HUMANITÁRIA

As principais matérias do blog