DOIS GRANDES PENSADORES E SUAS VISÕES PARA O FUTURO UM DO JORNALISTA REINALDO DE AZEVEDO E OUTRO DO CIENTISTA ANTONIO ROBERTO VIGNE, LEVAM A UM SÓ CAMINHO " A REAÇÃO"

www.gazetacentral.blogspot.com.br
02/11/2015
renato santos
Temos  duas  visões  de  como  será a  tal  ' REAÇÃO", uma  na visão do jornalista REINALDO DE AZEVEDO que escreve  sua coluna  na REVISTA  VEJA e  a outra  do  cientista  político ANTONIO ROBERTO VIGNE, que  participa  do hangouts  da  GAZETA  CENTRAL DE PUBLICIDADE E  JORNALISMO LTDA, onde caminha, para  um só caminho a  'REAÇÃO'  , de acordo  com  a  lei  de  Isaac Newton .
Na  ocasião, ANTONIO estará  participando  do hangouts de  hoje as  20:30, para explicar.


AS CAUSAS 
O Jornalista  REINALDO  DE  AZEVEDO, escreveu em seu  blog, no dia  29 de maio de 2014, que Dilma decidiu extinguir a democracia por decreto. É golpe!
segue  o texto na íntegra! 
Seus direitos, neste exato momento, estão sendo roubados, solapados, diminuídos. A menos que você seja um membro do MTST, do MST, de uma dessas siglas que optaram pela truculência como forma de expressão política.
De mansinho, o PT e a presidente Dilma Rousseff resolveram instalar no país a ditadura petista por decreto. Leiam o conteúdo do decreto 8.243, de 23 de maio deste ano, que cria uma tal “Política Nacional de Participação Social” e um certo “Sistema Nacional de Participação Social”. O Estadão escreve nesta quinta um excelente editorial a respeito. 

Trata-se de um texto escandalosamente inconstitucional, que afronta o fundamento da igualdade perante a lei, que fere o princípio da representação democrática e cria uma categoria de aristocratas com poderes acima dos outros cidadãos: a dos membros de “movimentos sociais”.
O que faz o decreto da digníssima presidente? Em primeiro lugar, define o que é “sociedade civil” em vários incisos do Artigo 2º. Logo o inciso I é uma graça, a saber: “I – sociedade civil – o cidadão, os coletivos, os movimentos sociais institucionalizados ou não institucionalizados, suas redes e suas organizações”.
Pronto! Cabe qualquer coisa aí. Afinal, convenham: tudo aquilo que não é institucional é, por natureza, não institucional. Em seguida, o texto da Soberana estabelece que “todos os órgãos da administração pública direta ou indireta” contarão, em seus conselhos, com representantes dessa tal sociedade civil — que, como já vimos, será tudo aquilo que o governo de turno decidir que é… sociedade civil
Todos os órgãos da gestão pública, incluindo agências reguladoras, por exemplo, estariam submetidos aos tais movimentos sociais — que, de resto, sabemos, são controlados pelo PT. Ao estabelecer em lei a sua participação na administração pública, os petistas querem se eternizar no poder, ganhem ou percam as eleições.
Isso que a presidente está chamando de “sistema de participação” é, na verdade, um sistema de tutela. Parte do princípio antidemocrático de que aqueles que participam dos ditos movimentos sociais são mais cidadãos do que os que não participam. Criam-se, com esse texto, duas categorias de brasileiros: os que têm direito de participar da vida pública e os que não têm. Alguém dirá: “Ora, basta integrar um movimento social”. Mas isso implicará, necessariamente, ter de se vincular a um partido político.
A Constituição brasileira assegura o direito à livre manifestação e consagra a forma da democracia representativa: por meio de eleições livres, que escolhem o Parlamento. O que Dilma está fazendo, por decreto, é criar uma outra categoria de representação, que não passa pelo processo eletivo. Trata-se de uma iniciativa que busca corroer por dentro o regime democrático.
O PT está tentando consolidar um comissariado à moda soviética. Trata-se de um golpe institucional. Será um escândalo se a Ordem dos Advogados do Brasil não recorrer ao Supremo contra essa excrescência. Com esse decreto, os petistas querem, finalmente, tornar obsoletas as eleições. O texto segue o melhor padrão da ditadura venezuelana e das protoditaduras de Bolívia, Equador e Nicarágua. Afinal, na América Latina, hoje em dia, os golpes são dados pelas esquerdas, pela via aparentemente legal.
Inconformado com a democracia, o PT quer agora extingui-la por decreto.

O  cientista  politico  ANTONIO ROBERTO VIGNE, FEZ  UM VIDEO  no  youtube  intitulado Não vai ter Golpe! Vai haver Contra Golpe! 

O  EFEITO 

Ele  explicada através da  teoria  da  terceira lei de Isaac Newton explica que toda ação tem uma reação igual e contrária de mesma força e intensidade, entendo isto como sendo uma lei cósmica e universal. 
O aparelhamento ideológico de nosso Estado nacional, o revanchismo negando a anistia do período militar para justificar a permanência no poder a qualquer custo, a não alternância de poder durante quatro mandatos consecutivos.

A corrupção endêmica nacional, a insegurança do povo brasileiro, isto tudo me parece muito mais golpe do que o que estão dizendo ser golpe e que de fato seria uma reação democrática contra o atual golpe ditatorial no poder! 

A REAÇÃO, quando vier, terá causa justa, legítima e legal, será fundamentada na lei e no resgate a ordem democrática nacional, pois o golpe já foi dado e o abuso já foi cometido e discurso algum muda isto, pois são fatos, fáceis de serem observados e constatados por quem quiser ver! Veja, pesquise, se informe, estude, leia!

Em CPI, sub-relator acusa governo de anunciar em sites piratas

www.gazetacentral.blogspot.com.br
atualizado em 02/11/2015
portal G1 
Fernanda Calgaro
Do G1, em Brasília
08/10/2015

Em uma audiência pública na CPI dos Crimes Cibernéticos, o deputado Sandro Alex (PPS-PR), um dos sub-relatores da comissão, apresentou nesta quinta-feira (8) dados que comprovariam o financiamento de sites piratas por meio de publicidade, inclusive, do governo federal. Responsável pela propaganda oficial, o ministro da Comunicação Social, Edinho Silva, estava presente na audiência no momento em que foi feita a acusação.


Em funcionamento desde agosto, a CPI investiga a prática de crimes cibernéticos e os impactos da pirataria na economia do país.
Em sua apresentação, Sandro Alex explicou que os anúncios do governo federal são distribuídos nas mídias digitais automaticamente por meio de uma ferramenta chamada mídia programática, que leva em conta as audiências dos sites. No entanto, a ferramenta não faz distinção entre site lícitos e ilícitos, o que faz com que a publicidade oficial acabe inserida também em sites piratas com grandes audiências.
O deputado do PPS listou uma série de sites, principalmente de disponibilização de filmes na internet, que permitem o download gratuito sem o devido pagamento de direitos autorais. Entre os exemplos exibidos na sua apresentação havia anúncios do governo federal nesses sites, como propaganda do programa Mais Médicos, da campanha Pátria Educadora e da Caixa Econômica Federal.
“O valor levantado através dessa ilicitude é muito grande. Somente no setor audiovisual, o prejuízo estimado é de R$ 10 bilhões”, destacou Sandro Alex.
O subrelator cobrou que Edinho Silva encaminhe à CPI uma lista dos sites nos quais o governo veiculou propagandas desde 1º de janeiro de 2011, dia em que teve início o primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff.
O parlamentar do PPS informou ainda que irá acionar a Polícia Federal para pedir o compartilhamento de dados de investigações que estiverem em curso sobre sites piratas.
Governo diz que não sabia
O ministro da Comunicação Social, que, inicialmente, iria deixar a CPI por volta das 11h por conta de outro compromisso, liberou a agenda para continuar acompanhando a sessão. Segundo Edinho, o governo não tinha conhecimento de propaganda oficial em sites piratas.

“Evidentemente, eu não tinha conhecimento dessa metodologia de impulsionar publicidade. É evidente que o governo federal não pactua com esse tipo de prática e não tem por objetivo utilizar essa metodologia. Isso nos coloca, de imediato, um desafio de aprimoramento dos nossos mecanismos de fiscalização”, enfatizou.
O titular da Comunicação Social ressaltou que pretende realizar imediatamente uma reunião interna para discutir melhorias no sistema de controle da veiculação de publicidade oficial. Ele também se comprometeu em encaminhar à CPI todas as informações que forem solicitadas pelos parlamentares.
"Assumo, de imediato, o compromisso para que a gente possa fazer uma reunião de trabalho de todos da Secretaria de Comunicação com o objetivo de aprimorara metodologia de fiscalização", declarou.
Edinho explicou aos deputados que os critérios usados para definir a publicidade são técnicos, com base nas audiências dos sites. Ele reconheceu, porém, que há imperfeições e afirmou que irá determinar a imediata suspensão dos anúncios em sites ilícitos.
“Nós temos cláusulas contratuais que impedem isso [publicidade em sites piratas]. Se isso está acontecendo, nós temos não só como suspender [a propaganda] como penalizar quem utilizou isso para impulsionar a audiência”, observou o ministro.


VOÔ 9268 PODE TER SIDO ABATIDO A 30.000 PÉS

www.gazetacentral.blogspot.com.br
02/11/2015

A única explicação razoável para a queda de um jato de passageiros russo no Egito é "uma influência externa", disse um executivo da companhia aérea que operava o vôo, disse segunda-feira, sublinhando que os aviões não basta quebrar no meio do ar.



Kogalymavia vôo 9268 quebrou em pedaços antes de bater no solo em uma área remota do restive Península do Sinai do Egito no sábado, matando todas as 224 pessoas a bordo.

O executivo não foi específico sobre o que ele quis dizer com uma influência externa. Especialistas dizem que é muito cedo para saber ao certo o que causou o plano para quebrar no início do que poderia ser uma longa investigação.

"Nós excluir problemas técnicos e rejeitar o erro humano", Alexander Smirnov, um funcionário da companhia aérea Kogalymavia, disse em uma entrevista coletiva Moscou como ele discutiu possíveis causas do acidente.

Ele acrescentou que a tripulação não emitiu quaisquer avisos ou comunicações durante os momentos finais, o que indica que a tripulação de voo deve ter sido desativado e não é capaz de rádio para fora.

No entanto, Smirnov disse que, enquanto os gravadores de dados de voo e de voz do avião haviam sido recuperados, eles não tinham sido ler ou decodificado.

Funcionários minimizaram uma reivindicação aparente por militantes islâmicos no Sinai que derrubou o Airbus A321-200, dizendo falha técnica é a razão mais provável para o acidente.


De acordo com a Aviation Safety Network, que acompanha incidentes com aeronaves, cauda do mesmo avião atingiu uma pista de decolagem ao aterrar no Cairo em 2001 e necessária reparação. Na época, a aeronave foi registrada à transportadora libanesa Middle East Airlines, registros de registro mostrar.

De Kogalymavia Andrei Averyanov confirmou aos repórteres segunda-feira que o avião tinha sido danificado em 2001, mas disse que tinha recentemente sido cuidadosamente verificado para rachaduras em 2013. Não havia passado tempo suficiente para grandes rachaduras desenvolver para um tamanho crítico, desde então, disse ele.

A ex-mulher do co-piloto do avião, Sergei Trukhachev, disse no fim de semana que ele havia dito a sua filha que estava preocupado com o estado do avião. "Nossa filha teve uma conversa telefônica com ele pouco antes do vôo," disse Natalya Trukhacheva estatal NTV da Rússia. "Ele reclamou antes do voo que se poderia desejar melhor condição técnica do avião."

Abdel Fattah presidente egípcio el-Sisi no domingo pediu ao público para não tirar conclusões precipitadas. "Estes são assuntos complicados que requerem tecnologias avançadas e investigações de largura que pode durar meses", disse ele.


Al-Sisi prometeu presidente russo, Vladimir Putin para permitir "a mais ampla participação possível de especialistas russos na investigação", segundo o Kremlin, e funcionários russos se juntaram os seus homólogos egípcios no local do acidente. Putin também ordenou primeiro-ministro russo Dmitry Medvedev para abrir uma investigação sobre o acidente, disse o Kremlin.

Investigadores da aviação da França e da Alemanha, países onde o avião foi fabricado, também participam no inquérito.

Autoridades egípcias disseram no sábado que as duas "caixas negras" estavam a ser transportados para o Cairo para análise.

O gravador de dados de voo armazena uma vasta gama de informações sobre o vôo, como velocidade do ar, altitude, o desempenho do motor e as posições da asa. O gravador de voz do cockpit capta sons na cabina de pilotagem que pode incluir conversas entre os pilotos e ruídos de alerta da aeronave.

A agência de notícias da Rússia estatal oficial TASS informou segunda-feira que as "caixas negras" tinham sido inspeccionados por altos funcionários russos e foram dito estar em uma boa condição.

Ministério da Aviação Civil do Egito liberado mais tarde uma foto de uma das caixas.

Mahjoob, o funcionário do aeroporto, disse que não havia nenhuma evidência de um ataque terrorista. E o ministro dos Transportes russo Maxim Sokolov disse que a alegação de que os terroristas derrubaram o avião com um míssil antiaéreo "não pode ser considerado confiável", de acordo com a RIA Novosti.

Os militares egípcios no Sinai disse que os militantes têm armas anti-aéreas disparados do ombro que disparam apenas tão elevado como 14 mil pés, muito aquém dos mais de 30.000 pés em que vôo 9268 estava voando quando ele caiu fora do radar.

Para chegar a tal altitude exigiria mísseis usando plataformas de lançamento especiais e sistemas de radares operados por engenheiros, disse o militar.

O porta-voz do Kremlin Dimitry Peskov recusou-se a descartar o terrorismo, dizendo da CNN Matthew chance na segunda-feira que "apenas (a) investigação pode descartar alguma coisa."

Kogalymavia executivos também disse segunda-feira que ainda era muito cedo na investigação para especular ou tirar quaisquer conclusões. Mas Smirnov referida metragem suposta do acidente postado por militantes, dizendo: "Essas imagens que você viu na internet, eu acho que eles são falsos."

JÁ NÃO BASTA A CORRUPÇÃO NA PETROBRAS, AGORA ENTRAM EM GREVE SE PREPAREM

www.gazetacentral.blogspot.com.br
02/11/2015


(Reuters) - O maior sindicato de petróleo do Brasil iniciou uma greve de duração indeterminada, no domingo, protestando contra as tentativas do governo para diminuir a companhia petrolífera estatal Petrobras, que está se recuperando de uma crise de corrupção e uma queda no preço do petróleo.



FUP, que representa plataforma, refinaria e outros trabalhadores, se juntou a um número de sindicatos menores já em greve, quando começou a ação industrial em 15:00 hora local (1800 GMT).

Petrobras, em um comunicado enviado por email, disse que a produção de petróleo ou de refinação, que não é afetado pela greve. A empresa acrescentou que está aberto a reunião com os sindicatos.

Uma declaração no site da FUP disse que a decisão de greve tinha sido feita depois de mais de 100 dias de negociações com a Petróleo Brasileiro SA, como a empresa é formalmente conhecido.

Petrobras quer pagar a dívida, que em cerca de $ 120 bilhões é o maior de qualquer empresa de petróleo, e gerar dinheiro para investimento e reavivar a confiança dos investidores depois de um enorme escândalo de corrupção.

Em uma declaração anterior na sexta-feira anunciando a greve, FUP disse que quer vendas de ativos parado, o trabalho em refinarias retomada, regras de conteúdo local mantido, e uma garantia de que a Petrobras a ser a única operadora no pré-sal área de petróleo offshore do Brasil.

A novidade chega aos usuários em uma atualização que deve ser liberada nas próximas semanas.

www.gazetacentral.blogspot.com.br 
02/11/2015


Foto: LucasA/INFOOnline
O Facebook anunciou nesta semana que passará a avisar os usuários sobre a espionagem de governos e que também alertará sobre invasões de hackers.


A novidade chega aos usuários do Facebook em uma atualização que deve ser liberada nas próximas semanas. Quando identificado um ataque, com provas suficientes para tanto, a empresa emitirá um alerta para o usuário, informando-o sobre a espinonagem da conta e avisando que perfis em outros sites também podem estar sob alguma espécie de ataque.

Segundo o Facebook, a espionagem é uma técnica usada por meio de sistemas avançados e que tentam ser irrastreáveis. Por isso, a empresa tomou a decisão de emitir esse tipo de alerta.

"Esperamos que esses avisos ajudem as pessoas que precisam de proteção, e continuaremos a melhorar a nossa capacidade de prevenir e detectar ataques de todos os tipos contra as pessoas que usam o Facebook", de acordo com a companhia.

Para proteger a integridade dos métodos, o Facebook diz que não poderá explicar como atribui um ataque a uma deteminada fonte.

Gazeta Central Google

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Espaço Publicitário

Seguidores

CAMPANHA PRA VENEZUELA

CAMPANHA  PRA  VENEZUELA
PRECISA DE AJUDA HUMANITÁRIA

As principais matérias do blog