EM 2016 TRUMP QUER QUE A CHINA RESPEITE O MERCADO INTERNO DOS ESTADOS UNIDOS



www.gazetacentral.blogspot.com.br


renato santos
30/12/2015



Os Políticos de Washington em outras  palavras  foram enganados  e  deixou a China que  costumamos dizer  por aqui a ver "  navios".


Tudo  teve  seu  inicio  em 2000, quando  o  presidente  BiLL Clinton deu o caminho  aos  chineses  para  sua inclusão na OMC, mas  não  confirmou esse  primeiro  passo.





"Nada do que o presidente Clinton prometeu se tornou realidade.  Não foi um bom negócio para a América, em seguida, e é um mau negócio agora. 

O componente mais importante da nossa política China é a liderança e força na mesa de negociação. Precisamos negociadores inteligentes que irão servir os interesses dos trabalhadores norte-americanos - e não de Wall Street .

O objetivo do Plano de Trump: Luta por empresas norte-americanas e dos trabalhadores


América sempre foi uma nação comercial. Sob o Trump comércio administração irá florescer. No entanto, para o livre comércio para trazer prosperidade para a América.

Nosso objetivo não é o protecionismo, mas a prestação de contas. América totalmente aberto os seus mercados para a China, mas a China não tenha correspondido. 


Quando Donald J. Trump for presidente, a China será um pré-aviso de que a América está de volta no negócio de liderança global e que os seus dias de manipulação da moeda e engano são mais. 

O Plano de Trump vai atingir os seguintes objectivos:


Proteja ingenuidade e de investimento americano, forçando a China a respeitar as leis de propriedade intelectual e parar sua prática desleal e ilegal de forçar empresas norte-americanas para compartilhar tecnologia proprietária com os concorrentes chineses como condição de entrada para o mercado da China.


Fortalecer nossa posição de negociação, diminuindo a nossa taxa de imposto sobre as sociedades para manter as empresas americanas e empregos aqui em casa, atacando nossa dívida e défice então a China não pode usar chantagem financeira contra nós, e reforçar a presença militar dos EUA no leste e sul da China Seas para desencorajar chinês aventureirismo.


Detalhes do Plano de Comércio dos Estados Unidos da China Donald J. Trump:



Precisamos de um presidente que não vai sucumbir à chantagem financeira de uma ditadura comunista. 

Departamento do Tesouro do presidente Obama recusou-se repetidamente a marca China uma manipuladora da moeda - um movimento que iria forçar a China a pôr termo a estas práticas desleais ou enfrentar direitos de compensação difíceis que nivelar o campo de jogo.

Economistas estimam que o yuan chinês está subvalorizado por qualquer lugar de 15% a 40%. Este yuan desvalorizado grosseiramente dá exportadores chineses uma vantagem enorme, impondo o equivalente a uma tarifa pesado sobre as exportações dos EUA para a China. 


Em um sistema de comércio verdadeiramente livre e as taxas de câmbio flutuantes como uma administração Trump apoiaria, o déficit comercial enorme da América com a China não persistiria. 

No primeiro dia da administração Trump o Departamento do Tesouro dos EUA vai designar a China como um manipulador da moeda corrente. 

Isto irá iniciar um processo que impõe direitos de compensação adequadas sobre os produtos chineses artificialmente baratos, defende os fabricantes americanos e trabalhadores, e revitaliza o crescimento do emprego nos Estados Unidos. Devemos resistir a chantagem da China e rejeitar manipulação dos nossos políticos da América corporativa. 


Cessar as violações de Propriedade Intelectual da China

Da China roubo contínuo de propriedade intelectual pode ser a maior transferência de riqueza na história. Este roubo custa os EUA mais de $ 300 bilhões .

O governo da China ignora esta cibercrime galopante e, em outros casos, incentiva ativamente ou mesmo patrocina-lo -sem quaisquer consequências reais. 


O governo chinês também obriga as empresas americanas como a Boeing, GE e Intel para transferir tecnologias proprietárias para os concorrentes chineses, como condição de entrada no mercado chinês. 

Daqui para frente, vamos adoptar uma política de tolerância zero em roubo de propriedade intelectual e transferência de tecnologia forçado. Se a China quer comércio com a América, eles devem concordar em parar de roubar e jogar pelas regras.



Bancos estatais da China rotineiramente conceder empréstimos a essas empresas taxas abaixo do mercado ou sem a expectativa de que eles serão reembolsados. China ainda lhes oferece incentivos fiscais ilegais ou abatimentos, bem como bônus em dinheiro para estimular as exportações.


A partir de fábricas têxteis e de aço das Carolinas para camarões e peixes indústrias da Costa do Golfo para o cinto de fabricação Centro-Oeste e do agronegócio da Califórnia, desrespeito da China para as regras da OMC ferido todos os cantos da América.

Da China lamentável falta de padrões ambientais e trabalhistas razoáveis ​​representam ainda uma outra forma de subsídio à exportação inaceitável. 


O Plano de Trump irá fortalecer a nossa posição de negociação

Como a economia o consumidor de mercadorias mais importante do mundo, a América deve sempre negociar acordos comerciais de força. 

Marcando a China como um manipulador da moeda corrente e expondo suas práticas comerciais desleais, não é suficiente. A fim de reforçar ainda mais o nosso poder de negociação, o plano Trump irá:



Este corte de impostos coloca os nossos taxa de 10 pontos percentuais abaixo China e 20 pontos abaixo da taxa onerosa atual que empurra as empresas e os postos de trabalho offshore.


Fortalecer os militares dos EUA e implantá-lo de forma adequada no leste e sul da China Seas. Estas acções irão desencorajar aventureirismo chinês que põe em perigo os interesses americanos na Ásia e mostra nossa força à medida que começamos a renegociar nossas relações comerciais com a China. 

A forte presença militar será um sinal claro para a China e outras nações da Ásia e de todo o mundo que a América está de volta no negócio de liderança global.

CLEPTOCRACIA REALMENTE USURPA A TODOS NO BRASIL ITAMARATY PROPÕE BURLAR A LEI PARA PROTEGER LULA

SARA ZAZON //WWW.GAZETACENTRAL.BLOGSPOT.COM.BR


FONTE
SÉRIO ROCHA
REPORTER 



A matéria  foi publicada  em 12 de junho de 2015, mas, nós  não esquecemos  é  só  para lembrar  que este  País  esta no caos da vergonha e  da moral.
Itamaraty propõe burlar lei para proteger Lula, Diplomata pede sigilo de papéis sobre ex-presidente e Odebrecht, que, pela lei, são públicos.


O Ministério das Relações Exteriores deflagrou ação para evitar que documentos que envolvam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com a Odebrecht, empreiteira investigada na Operação Lava-Jato, venham a público. 




A ordem interna partiu do diretor do Departamento de Comunicações e Documentação (DCD) do Itamaraty, ministro João Pedro Corrêa Costa, depois que o órgão que ele dirige recebeu um pedido de informações de um jornalista baseado na Lei de Acesso à Informação. 

O GLOBO obteve um memorando que ele disparou, na última terça-feira, sugerindo a colegas do Itamaraty que tornassem sigilosos documentos “reservados” do ministério que citam a Odebrecht entre 2003 e 2010, que, pela lei, já deveriam estar disponíveis para consulta pública.

Pela lei, papéis “reservados” perdem o sigilo em cinco anos. No ofício interno do Itamaraty, o diplomata cogita a reclassificação dos documentos como “secretos”, o que aumentaria para 15 anos o prazo para divulgação. Dessa forma, as informações continuariam sigilosas por até dez anos.

O memorando de Costa enviado à Subsecretaria-Geral da América do Sul, Central e do Caribe (Sgas) foi motivado por um pedido feito pela Lei de Acesso à Informação pelo jornalista Filipe Coutinho, da revista “Época”. 

Ele solicitou todos os telegramas e despachos reservados do ministério que citam a Odebrecht e que, por conta do prazo, já deveriam ser públicos. No pedido, não há referência a Lula. A citação ao ex-presidente aparece apenas na justificativa dada pelo chefe do DCD para pedir a reanálise dos documentos antes de decidir o que pode ou não ser entregue ao jornalista. O texto admite que os papéis já deveriam ser públicos:

“Nos termos da Lei de Acesso, estes documentos já seriam de livre acesso público. Não obstante, dado ao fato de o referido jornalista já ter produzido matérias sobre a empresa Odebrecht e um suposto envolvimento do ex-presidente Lula em seus negócios internacionais, muito agradeceria a Vossa Excelência reavaliar a anexa coleção de documentos e determinar se há, ou não, necessidade de sua reclassificação para o grau de secreto”.

Em 30 de abril deste ano, a revista “Época” publicou reportagem sobre abertura de investigação do Ministério Público Federal (MPF) relativa à suspeita de tráfico de influência praticada por Lula para beneficiar negócios da Odebrecht no exterior. A investigação do MPF foi aberta a partir de reportagem do jornal O GLOBO, que revelou, no dia 12 de abril, viagens de Lula pagas pela empreiteira.

Segundo a Lei de Acesso, sancionada pela presidente Dilma Rousseff em maio de 2012, documentos com grau de “reservado” são protegidos por apenas cinco anos a partir da data em que foram originados. Já os “secretos” são protegidos por 15 anos. Isso significa que todos os documentos reservados durante o governo Lula já poderiam ser de conhecimento público. Se a reclassificação cogitada pelo DCD for feita, os documentos requeridos pelo jornalista passarão a ter o sigilo estendido em até dez anos. Os mais antigos, de 2003, só poderão ser liberados em 2018. Já os mais recentes do pedido, de 2010, só seriam conhecidos em 2025.

INFORMAÇÕES JÁ TINHAM SIDO REUNIDAS

O departamento responsável pela busca de material requisitado via Lei de Acesso já tinha compilado e imprimido o material para entregar ao repórter, mas recebeu o pedido para reavaliar tudo. Os arquivos foram distribuídos para cada setor do Itamaraty responsável pelos temas abordados para que eles analisassem o que era considerado comprometedor e, portanto, poderia ganhar o status de “secreto”.

Além do memorando, os funcionários que deveriam executar essa tarefa receberam um e-mail explicando como deveriam agir. A mensagem faz referência a procedimento similar realizado pelo Itamaraty no mês passado: separar em duas pastas o material autorizado para divulgação e o material que deveria ser reclassificado.

O memorando foi enviado no dia 9 de junho, e o prazo dado por Costa para que os diplomatas fizessem a análise vencia hoje, a tempo de decidir pela reclassificação antes de vencer o prazo que o Itamaraty tem para responder ao pedido de informação feito pelo jornalista, que é de 20 dias. A lei diz que órgãos públicos podem prorrogar o prazo por mais dez dias. O memorando obtido pelo GLOBO não aponta a data em que o pedido foi feito.

Segundo a Lei de Acesso, o governo pode, antes de liberar um documento desclassificado, analisar o conteúdo para saber se ainda há algum trecho que precisa ser protegido por motivo legal ou que possa violar a intimidade de uma pessoa. Nesses casos, o documento pode ser liberado com tarjas nos trechos ainda sensíveis, ou o órgão pode reclassificar o texto para que o sigilo permaneça por mais tempo. Entretanto, tudo tem que ser feito com base no disposto na lei, onde não há previsão de proteção da imagem de ex-presidente por conta de possíveis reportagens, justificativa interna usada por Costa para pedir a reavaliação.

No fim de abril, o Ministério Público Federal (MPF) abriu um procedimento na primeira instância da Justiça Federal para apurar se Lula praticou tráfico de influência em favor da Odebrecht na obtenção de contratos no exterior com financiamento do BNDES. O MPF apura se o petista obteve, entre 2011 e 2013, vantagem financeira para influenciar agentes públicos em atos relacionados a transações comerciais internacionais da empreiteira.

A reportagem do GLOBO que motivou a ação do MPF revelou que o diretor de Relações Institucionais da empreiteira, Alexandrino Alencar, acompanhou o ex-presidente em viagem a três países: Cuba, República Dominicana e Estados Unidos. Os custos foram pagos pela Odebrecht, e a viagem foi caracterizada como sigilosa em documentos da empresa de táxi aéreo que alugou o jatinho usado no périplo. Alencar é acusado por delatores na Operação Lava-Jato de ser operador de pagamento de propinas da Odebrecht. A companhia nega essa acusação e a de participar do cartel de empreiteiras que fraudava contratos na Petrobras, alvo da Lava-Jato.

Segundo fontes ouvidas pelo GLOBO, a ordem para a reclassificação de documentos no Itamaraty estaria ocorrendo sistematicamente. Às vésperas do início da vigência da Lei de Acesso, em maio de 2012, o ministério montou uma força-tarefa para reclassificar uma série de documentos. E em 2014, depois da polêmica envolvendo os gastos da presidente Dilma Rousseff em uma escala que fez a Lisboa, o DCD enviou a todos os postos do Brasil no exterior uma circular telegráfica com a ordem de que, a partir daquele momento, todas as despesas de Dilma em viagens internacionais deveriam ser sigilosas. Na parada que fez na capital portuguesa, entre a visita a Davos e seu comparecimento à cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), em Havana, a presidente se hospedou na suíte presidencial do luxuoso hotel Ritz, cuja diária custava, à época, R$ 26,2 mil.

O GLOBO perguntou ao Itamaraty se havia orientação específica para a reclassificação de documentos relacionados a alguma empresa que tenha sido vinculada a autoridade ou ex-autoridade, como o ex-presidente Lula. O Ministério das Relações Exteriores negou que tenha dado tal ordem. “Não há qualquer orientação formal nesse sentido”, diz a nota enviada. No caso dos documentos reservados produzidos entre 2003 e 2010, o Itamaraty diz que “a orientação geral é a de que pedidos de informação que tratem de matéria cuja divulgação possa ainda prejudicar os interesses externos do país sejam reavaliadas”.

O ministério informou que o Departamento de Comunicações e Documentação supervisiona o trabalho de reclassificação de documentos que é feito por cada uma das áreas temáticas da chancelaria. Sustentou também que segue o disposto na Lei de Acesso, que prevê a reavaliação periódica de documentos classificados. O ministério informou que adota critérios da lei nessa reavaliação, como o que prevê proteção a documentos que possam “prejudicar ou pôr em risco a condução de negociações ou as relações internacionais do país, ou as que tenham sido fornecidas em caráter sigiloso por outros Estados e organismos internacionais”. Os pedidos de informação, segundo o Itamaraty, são examinados caso a caso.

O Itamaraty frisou que “cumpre rigorosamente os dispositivos estabelecidos pela Lei de Acesso à Informação no que diz respeito às normas de classificação da informação oficial”. Explicou ainda que, desde a edição da lei, foram desclassificados 32.485 documentos, de um total de 85.992 produzidos desde 1983.

No fim de abril, o Ministério Público Federal (MPF) abriu um procedimento na primeira instância da Justiça Federal para apurar se Lula praticou tráfico de influência em favor da Odebrecht na obtenção de contratos no exterior com financiamento do BNDES. O MPF apura se o petista obteve, entre 2011 e 2013, vantagem financeira para influenciar agentes públicos em atos relacionados a transações comerciais internacionais da empreiteira.

A reportagem do GLOBO que motivou a ação do MPF revelou que o diretor de Relações Institucionais da empreiteira, Alexandrino Alencar, acompanhou o ex-presidente em viagem a três países: Cuba, República Dominicana e Estados Unidos. Os custos foram pagos pela Odebrecht, e a viagem foi caracterizada como sigilosa em documentos da empresa de táxi aéreo que alugou o jatinho usado no périplo. Alencar é acusado por delatores na Operação Lava-Jato de intermediar propinas da Odebrecht. A companhia nega essa acusação e a de participar do cartel de empreiteiras que fraudava contratos na Petrobras, alvo da Lava-Jato.

RECLASSIFICAÇÃO É RECORRENTE

A ordem para a reclassificação de documentos no Itamaraty vem se repetindo. Às vésperas do início da vigência da Lei de Acesso, em maio de 2012, o ministério montou uma força-tarefa para reclassificar uma série de documentos. E em 2014, depois da polêmica envolvendo os gastos da presidente Dilma Rousseff em uma escala que fez a Lisboa, o DCD enviou a todos os postos do Brasil no exterior uma circular telegráfica com a ordem de que, a partir daquele momento, todas as despesas de Dilma em viagens internacionais deveriam ser sigilosas. Na parada que fez na capital portuguesa, entre a visita a Davos e seu comparecimento à cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), em Havana, a presidente se hospedou na suíte presidencial do luxuoso hotel Ritz, cuja diária custava, à época, R$ 26,2 mil.

MILAGRE ACONTECEU EM PIAUI TAXISTA LEVA FACADA NO CRÂNIO E FICA TRÊS HORAS COM OBJETO NA CABEÇA E SOBREVIVE

cnn// www.gazetacentral.blogspot.com.br




Como é isso para um resultado milagroso? Um homem brasileiro que foi esfaqueado na cabeça durante uma discussão sobreviveu apesar da faca de ser apresentado em seu crânio por mais de três horas.




Motos taxista Juacelo Nunes de Oliveira estava em uma festa em um bar na cidade de Água Branca, no Estado do Piauí do Nordeste, no último domingo, quando ele entrou em uma briga.

A 39 anos foi esfaqueado quatro vezes, três vezes no tronco, com uma ferida perfurante um pulmão, e uma vez na cabeça.

Ele foi levado primeiro para tratamento em um hospital próximo, antes de ser transferido para o Hospital de Emergência de Teresina, uma cidade 100 quilômetros (62 milhas) de distância - com o cabo da faca saindo de sua cabeça o tempo todo.


"Ele levou quase três horas para chegar aqui no hospital", Dr. Gilberto Albuquerque, cirurgião geral e diretor do hospital, disse à CNN .

"Ele tinha a faca alojada na cabeça de todo este período, mas ele não estava ciente disso", disse ele. "Acreditamos que o choque e um pouco de beber pode tê-lo ajudado a compreender a faca ainda estava em sua cabeça."

Imagens divulgadas pelo programa militar Oliveira deitado em um carrinho de hospital com o que parece ser uma faca de cozinha embutido em seu crânio até a alça, apenas para o lado de sua sobrancelha esquerda.

De acordo com Albuquerque, a faca só parou quando ficou preso no maxilar inferior do homem. Oliveira foi muita sorte, ele disse - e não apenas por estar vivo.

"A faca atravessou sua cabeça logo atrás do nervo óptico, ficou muito próximo ao nervo olfativo e (foi) apenas uma fração do nervo gustativo. Ele poderia ter sido cegado e poderia ter perdido os sentidos do olfato e paladar, mas nenhuma das que aconteceu e ele está vivo e saudável. "

A cirurgia para remover a faca era muito delicada, uma vez que qualquer deslize pode ter violado artérias e levou o paciente a sangrar até a morte, disse Albuquerque.

Levou a equipe de cirurgia do hospital duas horas e meia para ser concluído, e foi considerado um sucesso.

"Ele deixou o hospital ontem, cinco dias depois de entrar em com uma faca em sua cabeça", disse Albuquerque. "Ele é saudável e perfeito e ele não tinha doente efeitos posteriores."

QUEM VAI PAGAR ESSA CONTA SALÁRIO MÍNIMO A R$ 880,00, MAS NÃO É SÓ ELE QUE VAI AUMENTAR, GAZ, LUZ,CONDUÇÃO, A´GUA E A INFLAÇÃO VÃO JUNTOS

www.gazetacentral.blogspot.com.br



renato santos
30/12/2015


O governo publicou hoje (30), no Diário Oficial, o decreto que oficializa o aumento do salário-mínimo de R$ 788 para R$ 880, a partir de 1° de janeiro de 2016. De acordo com o texto, o valor diário do salário mínimo corresponderá a R$ 29,33 e o valor por hora a R$ 4.



O reajuste de 11,6% terá impacto direto para cerca de 40 milhões de trabalhadores e aposentados que recebem o piso nacional e, segundo o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão,  a medida causará impacto de R$ 30,2 bilhões nas contas públicas em 2016.

O novo aumento dá continuidade à política de valorização do salário-mínimo, criada em 2003, que determina que o reajuste anual do mínimo seja definido com base na soma da inflação do ano anterior mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes.

FINGE SER MEU INIMIGO QUE O POVO OTÁRIO ACREDITA AÉCIO NEVES É ACUSADO PELO ENTREGADOR DE 330 MIL REAIS AO SENADOR ELE NEGA

www.gazetacentral.blogspot.com.br


A cleptocracia  realmente  não  tem limites, por que não há legislação  para  ela específica, agora  a  bola da vez  é de AÉCIO NEVES  o que diz ser  oposição que  não é, pois no Brasil  todos  os partidos  são da esquerda e ainda para piorar enganam o povo  com a doutrinação da teoria da vaca  (  finge ser  meu inimigo).


O Entregador de dinheiro do doleiro Alberto Youssef, Carlos Alexandre de Souza Rocha, afirmou em delação premiada que levou R$ 300 mil no segundo semestre de 2013 a um diretor da UTC Engenharia no Rio de Janeiro, que lhe disse que a soma iria ao senador Aécio Neves, segundo informações da Folha de S. Paulo .


Em depoimento, o delator revelou ter conhecido Youssef em 2000, e que, a partir de 2008, passou a fazer entregas de R$ 150 mil ou R$ 300 mil a vários políticos.


De acordo com a publicação, Rocha afirmou que em 2013 realizou “umas quatro entregas de dinheiro ” a um diretor da UTC chamado Miranda, no Rio de Janeiro.

O diretor financeiro da UTC, Walmir Pinheiro Santana, também disse em depoimento que o diretor comercial da empreiteira Antonio Carlos D'Agosto Miranda "guardava e entregava valores em dinheiro a pedido" dele ou de Ricardo Pessoa, dono da UTC. O nome de Aécio não foi citado por Pessoa, nem Santana, durante esclarecimentos sobre envolvimento no esquema de corrupção.

O delator destacou a ansiedade de Miranda para receber uma das remessas de R$ 300 mil entre setembro e outubro de 2013. Ao indagar o destinatário final, Rocha afirmou que recebeu como resposta o nome de Aécio Neves.  Na ocasião, o delator teria questionado o motivo de haver propina para um integrante da oposição. "Aqui a gente dá dinheiro pra todo mundo: situação, oposição, [...] todo mundo", teria respondido o diretor da UTC.

Aécio nega acusações

A assessoria de Aécio explicou que considera "absurda e irresponsável" a citação a seu nome, "sem nenhum tipo de comprovação". "Trata-se de mais uma falsa denúncia com o claro objetivo de tentar constranger o PSDB, confundir a opinião pública e desviar o foco das investigações", disse, em nota.

AGUA EM SÃO PAULO O MAIOR BEM PRECISO QUE TEMOS, VAMOS FAZER A NOSSA PARTE CUIDAR DELA, POIS DEUS ESTA FAZENDO A DELE

               Reuters// www.gazetacentral.blogspot.com.br

(Por Renato Santos

Mas com tudo  isso ainda precisamos economizar  água  mais ainda, as  chuvas  fizeram  sua  parte, mas,  nós como cidadãos precisamos  fazer a  nossa  parte  água  é  bem precioso a qual precisamos  em  nossos  dias.

Evitar de  jogar  fora o nosso  bem preciso  com torneiras abertas, lavar calçadas, carros, tomar  banho desnecessários, e principalmente as  industrias  tem obrigação de cuidar também.


(Por Aluísio Alves)

Após 19 meses, o Cantareira, principal conjunto de reservatórios de água da região metropolitana de São Paulo, recuperou integralmente a reserva técnica, conhecida como volume morto, segundo informações divulgadas nesta quarta-feira pela Sabesp, a companhia de saneamento do Estado.



Segundo a companhia, o uso do volume morto, a água que fica abaixo do nível de captação das comportas, foi zerado. Com isso, o sistema passa a usar a água do chamado volume útil.

A zeragem do uso do volume morto veio após intensa precipitação de chuvas, o que fez a reserva se recuperar mais rápido do que o previsto inicialmente pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, que previa a recuperação total do estoque em abril de 2016.

Segundo a Sabesp, a capacidade do Cantareira medida pela divisão do volume armazenado pelo volume total (incluindo a reserva técnica), subiu de 22,4 para 22,6 por cento entre a véspera e esta quarta-feira.

O volume de água acumulada em dezembro somou 258,2 milímetros, acima da média histórica para o mês, de 219,4 milímetros.

Ainda assim, a Sabesp informou neste mês que vai prorrogar o programa de incentivo à redução do consumo de água por bonificações nas contas dos clientes, assim como a tarifa para consumidores que gastarem mais.

(Por Aluísio Alves)


ALERTA GERAL! NÃO SE TRATA DE COMUNISMO NO BRASIL E SIM DE AUTO CONTROLE DEPOIS DAS PLACAS AGORA A UNASUR QUER TIRAR DA CIRCULAÇÃO O DINHEIRO TODAS AS NOTAS E MOEDAS DO BRASIL EM SEU LUGAR CHIPS

Sara Zonzin 
compartilhou a publicação 
        de Valmir Silva. www.gazetacentral.blogspot.com.br 


7 h · 30/12/2015




O Blog  GAZETA CENTRAL, entendendo que  não  há  mais tempo  tomou a seguinte decisão:

Todas as matérias que  forem publicada na rede  social  de interesse publico, será  republicada  na página do  blog, pois atendendo os interesses da  NAÇÃO  BRASILEIRA E VENEZUELA deste que tenha a seguinte  regra:

a) Nome da fonte
b) data da  publicação
c) Compartilhamento
d) Data do Compartilhamento
e) Nome do perfil  do dono  da página do facebook
f) E a  total veracidade da  noticia
g) Lembrando que  diante da Lei atual  o compartilhamento serve  como  autor  verídico das informações.


ESSE É UM DOCUMENTO FIDEDIGNO, QUE CONSTA DOS REGISTROS DA URSAL, NA QUAL O LULISMO CRIMINOSO NOS FILIOU CONTRA NOSSA VONTADE... 
(UNIÃO DAS REPÚBLICAS SOCIALISTAS DA AMÉRICA LATINA). 



TRATA-SE DE UMA VERSÃO ATUAL, DA ANTIGA URSS;
(UNIÃO DAS REPÚBLICAS SOCIALISTAS SOVIÉTICAS), EXTINTA NA DÉCADA DE 80, ONDE A RÚSSIA LIDERAVA O BLOCO.

NO CASO DA AMÉRICA LATINA, O BRASIL É QUEM FAZ O PAPEL DE LIDERANÇA (INCLUINDO ECONÔMICA, E POR ISSO ESTAMOS FALIDOS).

ESSA MESMA FUNÇÃO, QUE CABIA À RUSSIA NA ANTIGA "URSS".

VOCÊ NÃO ACREDITA QUE NOSSO PAÍS ACABOU? 

OLHE AÍ ABAIXO, O MODELO NOVO DE NOSSA BANDEIRA, JÁ REGISTRADO NOS ACORDOS ASSINADOS PELOS PETRALHAS, EM SEU NOME... NO NOME DE CADA UM DE NÓS, NAS REUNIÕES DA UNASUL, QUE EÚNE TODOS OS PAÍSES PERTENCENTES AO GRUPO DO FORO DE SÃO PAULO.

VÁ PESQUISAR, E FICARÁ CHOCADO COM O GRAU AVANÇADO DA IMPLANTAÇÃO DESSA MEDONHA CILADA COMUNISTA. 


AS PLACAS DOS NOSSOS CARROS JÁ SERÃO NO MODELO DA URSAL, AQUI NO BRASIL, JÁ EM 2016... 
NOSSO STF, NO ÚLTIMO DIA 17 DE DEZEMBRO, DEU UM GOLPE VERGONHOSO E RASGOU NOSSA CONSTITUIÇÃO...

MAS A MAIORIA DO POVO ESTÁ APENAS PENSANDO EM FIM DE ANO, CARNAVAL E OLIMPÍADAS... 
TUDO ISSO FOI PROGRAMADO PARA DISTRAIR O POVO, E MINAR A RESISTÊNCIA DOS PATRIOTAS CONSCIENTES. 

COMECE A SUA MOBILIZAÇÃO PARTICULAR... 

POIS ATÉ O NOSSO DINHEIRO SERÁ SUBSTITUÍDO POR CHIP QUE O BRASILEIRO SERÁ OBRIGADO A USAR, COMO GADO MARCADO... 

PARA O TRIUNFO DOS SATANISTAS... 

NÃO SEJA COVARDE! NÃO SEJA OMISSO! 
‪#‎REAGE_POVO‬

Gazeta Central Google

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Espaço Publicitário

Seguidores

CAMPANHA PRA VENEZUELA

CAMPANHA  PRA  VENEZUELA
PRECISA DE AJUDA HUMANITÁRIA

As principais matérias do blog