GAZETA CENTRAL ( BLOG)

GAZETA  CENTRAL  (  BLOG)
Sugestões : Reclamações e Denuncias

O Roubo na Ciudad Del Este no Paraguai <<>> Segundo a Empresa Prosegur o Valor levado é Menor a US$ 8 Milhões de Reais<<>> Três dos Bandidos Mortos Pela Policia Brasileira No Estado do Paraná , Foram Cerca de 50 Pessoas, Usando Fuzil Calibre 762, Com 16 Munições




 RENATO SANTOS 25/04/2017 atualizados as 15:45m O assalto a empresa Prosegur  que ocorreu no Paraguai , foi menor que o valor publicado no  Brasil , cerca de U$$ 8 milhões de dólares. 


A Policia do Estado do Paraná, acertou nos alvos, Três assaltantes que participaram do mega-assalto à sede da empresa de transportes de valores Prosegur, em Ciudad del Este, no Paraguai, morreram nesta segunda-feira após troca de tiros com agentes das polícias Federal (PF) e Rodoviária Federal (PRF). 

Segundo a PRF, três veículos usados pela quadrilha, que roubou cerca de US$ 8 milhões na madrugada desta segunda-feira, foram localizados. 


De acordo com a PRF, no início da tarde desta segunda, houve uma perseguição a uma caminhonete em que estavam entre oito e dez envolvidos no assalto. 


Em um trecho da BR-277, no Paraná, os bandidos pararam e iniciaram o confronto. 

Dois morreram no local, um ficou ferido, foi socorrido, mas não resistiu e morreu no hospital. Os demais conseguiram fugir.


Na caminhonete havia um fuzil calibre 762, com 16 munições. 

Em um dos três veículos abandonados pela quadrilha e localizados por agentes da PRF, havia sete quilos de explosivos.


Por volta do meio-dia, cerca de 20 integrantes da quadrilha conseguiram cruzar a fronteira e passar para o lado brasileiro pelo lago de Itaipu.

Os bandidos entraram em confronto com agentes do Núcleo Especial de Polícia Marítima (Nepom) durante a travessia em direção ao Brasil, na altura do município de Itaipulândia, a 70 quilômetros de Foz do Iguaçu.

Os policiais faziam patrulhamento do lago quando avistaram os assaltantes. Houve troca de tiros, mas ninguem ficou ferido ou preso. 

O patrulhamento no lago de Itaipu e Rio Paraná foi reforçado logo após o anúncio do ataque à empresa de Ciudad del Este.


Segundo a polícia paraguaia, os carros usados no roubo tinham placas do Brasil e alguns deles foram abandonados na fuga, no lado do Paraguai. 

Os assaltantes, ainda de acordo com a polícia daquele país a partir do depoimento de testemunhas, falavam português fluentemente, sem sotaque, e eram brasileiros. 

A polícia brasileira busca os assaltantes que atravessaram o Rio Paraná, já no Brasil. 


Apoio

O presidente Michel Temer colocou a Polícia Federal à disposição das autoridades paraguaias durante as investigações do assalto à sede da empresa de transportes de valores Prosegur.

 “O presidente Michel Temer determinou nesta segunda ao ministro da Justiça, Osmar Serraglio, que coloque a Polícia Federal à disposição das autoridades paraguaias para colaborar com as investigações dos fatos ocorridos em Ciudad del Este. 

O governo acompanha os desdobramentos das ações policiais já em curso em território nacional e apoiará, com todos os recursos necessários, as investigações conduzidas atualmente pelas autoridades paraguaias”, informou o Palácio do Planalto em nota.

A companhia de segurança e transporte de valores Prosegur disse nesta terça-feira que o valor roubado no assalto ao edifício da empresa na cidade paraguaia de Ciudad del Este é inferior a 8 milhões de dólares, e afirmou que o ataque não afetou os serviços prestados pela companhia no país.

Um grupo de cerca de 50 pessoas atacou o edifício da Prosegur com explosivos na madrugada de segunda-feira, em uma ação que gerou comoção na região. Os assaltantes incendiaram 15 automóveis e travaram um confronto com as forças de segurança paraguaias antes de fugirem para o Brasil, onde também trocaram tiros com policiais.
Um policial paraguaio morreu durante o confronto e três suspeitos foram mortos mais tarde pelas forças de segurança brasileiras na região de Foz de Iguaçu. De acordo com a Polícia Federal brasileira, oito suspeitos foram presos na região de Foz na segunda-feira.
A Prosegur do Paraguai informou em comunicado que "após realizar uma primeira recontagem, o valor subtraído da unidade de Ciudad del Este não supera os 8 milhões de dólares", uma quantia inferior aos 40 milhões de dólares citados por diversos veículos de comunicação no dia do assalto.
"O ataque não teve incidência sobre os serviços prestados pela Prosegur em todo o Paraguai. A companhia completou 100 por cento dos serviços, apesar das circunstâncias excepcionais vividas ontem em Ciudad del Este", acrescentou.
Um relatório interno da polícia paraguaia disse que os assaltantes seriam supostamente integrantes do chamado Primeiro Comando da Capital (PCC), uma das maiores organizações criminosas do Brasil.
Ciudad del Este, a segundo maior cidade do Paraguai e capital do Departamento Alto Paraná, fica localizada a 350 quilômetros de Assunção na região da tríplice fronteira entre Paraguai, Brasil e Argentina. A região ganhou fama no passado como local de contrabando e falsificações.

Anuncio

Nossos Leitores Obrigado Por Ler

Seguidores

CAMPANHA PRA VENEZUELA

CAMPANHA  PRA  VENEZUELA
PRECISA DE AJUDA HUMANITÁRIA

As principais matérias do blog