GAZETA CENTRAL ( BLOG)

GAZETA  CENTRAL  (  BLOG)
Sugestões : Reclamações e Denuncias

ESTAMOS A UM PASSO DE SERMOS VENEZUELA <<>> GUARULHOS E GRANDE SÃO PAULO <<>> SETA FECHOU AS PORTAS NEM O SITE DELES FUNCIONA E DEIXA SEUS FUNCIONÁRIOS SEM RECEBER <<>> ACENDE A LUZ AMARELA NO SETOR DE SUPERMERCADOS EM TODA REGIÃO








RENATO SANTOS  02/02/2017   A tempo  a GAZETA CENTRAL ( blog), vinha avisando que o BRASIL seria uma VENEZUELA, mas, não acreditaram , agora com o fechamento do ATACADISTA SETA,  deixa  outros funcionários de outras EMPRESAS ATACADISTAS E REDE DE SUPERMERCADOS  com preocupação, seremos os próximos, principalmente em GUARULHOS, foi assim na VENEZUELA, até chegar no limite.  




A Seta Atacadista encerrou as atividades de mais uma loja no Grande ABC. Desta vez, a unidade da Av. Giovanni Battista Pirelli, no bairro Homero Thon, em Santo André, amanheceu com as portas fechadas e surpreendeu seus 60 funcionários, que não foram avisados previamente.
Em uma semana, o grupo de atacarejo (que mistura atacado e varejo) sediado em Itaquaquecetuba, na Região Metropolitana, fechou duas lojas na região na calada da noite. Na quinta-feira passada, foi a vez da unidade da Av. Humberto de Alencar Castelo Branco, no bairro Assunção, em São Bernardo. Dos cerca de 80 funcionários que atuavam no local, a metade será remanejada para outras unidades.
A Seta, que mira regiões periféricas, possui agora sete supermercados na região, sendo três em Santo André, dois em Mauá, um em Diadema e um em São Caetano. A rede ainda emprega cerca de 340 profissionais no Grande ABC.
O blog não localizou porta-voz da empresa para comentar os encerramentos. O Secabc (Sindicato dos Comerciários do ABC) informou que representantes da entidade estiveram no local e conversaram com responsáveis pela loja. 
O motivo apontado pelos fechamentos foi o agravamento da crise econômica. Quanto ao pagamento das rescisões do contrato de trabalho, a promessa dada foi a mesma que para os funcionários de São Bernardo: acerto de contas em dez dias.
O problema é que microempresários que atuavam na entrada do estabelecimento, com salão de cabeleireiro, venda de tapioca e até corretora de seguros, ficaram sem explicação. 

Alguns negócios tinham contrato de dois anos com a rede, mas foram intimados a deixar o local em um dia. Existe a suspeita de que a Seta já devia três meses de aluguel, por isso o encerramento repentino. Os empresários disseram que vão registrar boletim de ocorrência.  

EM GUARULHOS 

A CRISE ESTÁ CHEGANDO INCLUSIVE NOS GRANDES ATACADISTAS... COM O PAÍS EM CRISE, NÃO É POSSÍVEL AS EMPRESAS CONSEGUIREM SUPORTAR AS TAXAS DE IMPOSTOS, OS MUITOS BENEFÍCIOS OBRIGATÓRIOS SINDICAIS, REPASSES SEM SUBSÍDIOS E VENDAS CADA VEZ MENORES...

Segundo Sindicato dos Comerciários, o Seta atacadista fecha as portas, demite e não está pagando seus funcionários.
Quase 350 funcionários foram demitidos, no Estado de São Paulo, pela rede Seta Atacadista. Nos últimos 10 dias, a empresa já fechou quase 10 lojas. 

Na sexta-feira passada (27), empregados do Seta foram surpreendidos com mais uma loja fechada. A loja do Capão Redondo foi a bola da vez. 

Entre outras, também fecharam as lojas de Guaianazes, Interlagos, Santo André, Cruzeiro – Vale do Paraíba. 

No Brasil são mais de 12 milhões de desempregados, e essa conta só tem aumentado, vários ramos e categorias estão sofrendo, mas, de verdade, de quem é a culpa?

As empresas no Brasil, são taxadas com tributos que fazem com que um funcionários custe o valor de quase duas vezes o seu salário, para que as pessoas entendam, as empresas quando pagam o salário de uma pessoa, paga como impostos, taxas e tributos coisas como: INSS, FGTS, Vale Transporte, Vale Refeição, Domingos e Feriados são pagos em dobro, dependendo do sindicato até mesmo em triplo, sem contar benefícios como Assistência Médica, Auxilio Farmácia, Assistência Odontológica, Assistência Privada, Auxilio Combustível, entre outros benefícios, sem contar os impostos pagos pelo Atacadista para se manter no mercado.

Quando os Sindicatos, Políticos, Empresários discutem aumentos de salários, melhorias nos benefícios, aumentos de impostos, readequação de taxas e tributos, esquecem que precisam pensar nas condições de TODOS, Empresas e Empregados, pois tudo está interligado, adianta agora o Sindicato fazer militância na frente das lojas impedindo as demissões? 

Inclusive, procurado pelo Sindicato, o Seta Atacadista admite o encerramento das atividades e propõe efetuar o pagamento das verbas rescisórias parcelado. O mais engraçado é que tal proposta não foi aceita pelo Sindicato, que representa a categoria, tá, o que vão fazer? 

Os Sindicatos no país parecem que preferem fazer bonito em suas Convenções, garantindo o maior número de benefícios e os maiores salários para as categorias, mas desse jeito acabam esbarrando nas condições de pagamentos das empresas, que não tem lucro suficiente para repassar e assim cumprirem com seus compromissos e não geram mais empregos, aumento ainda mais essa conta.

Do jeito que está, os empresários preferem fechar as empresas, não investir mais no país, pois cada dia que passa o Judiciário Trabalhista está mais cheio de problemas, os sindicatos cada vez mais pensa menos na relação de Empregado e Empregador, e assim, fica cada vez mais difícil ver um final feliz para o nosso país...

Notem, não estou cobrando tanto os políticos nessa postagem, mas eles tem TOTAL RESPONSABILIDADE COM TUDO QUE ESTÁ ACONTECENDO.

É desumano o que esses trabalhadores estão passando neste momento. Saber que não têm mais emprego, de uma hora para outra, é desesperador para qualquer pessoa que têm família para sustentar, porem, é mais desumano ainda ver uma empresa que tem o porte e a condição como o SETA, fechando as portas, não sei o motivo ainda, se é má gestão, ou simplesmente porque não vê mais incentivo em estar trabalhando nessa área, mas é isso o que está acontecendo, TODOS ESTAMOS PERDENDO.

Eu sou empresário, já fui empregado, e sei exatamente o que estou escrevendo a respeito de tudo isso, no final, todos sofrem, e o país cada vez perde mais... É preciso seguir com as reformas trabalhistas, que as façam de uma forma que protejam sim os empregados, cidadãos, mas que também pensem nos empresários, que dão a oportunidade da população poder crescer através do trabalho.

Anuncio

Nossos Leitores Obrigado Por Ler

Seguidores

CAMPANHA PRA VENEZUELA

CAMPANHA  PRA  VENEZUELA
PRECISA DE AJUDA HUMANITÁRIA

As principais matérias do blog