Nossos Leitores Obrigado Por Ler

GUARULHOS <<>> PODERÁ SER A PRIMEIRA CIDADE A TER ÔNIBUS MODELO ELÉTRICO " BYD" COM AS CONDICIONADO E SINAL DE WI FI <<>>




RENATO SANTOS 21/02/2017   Guarulhos terá novidades ainda esse ano, no transportes coletivos, e precisa a GAZETA CENTRAL ( BLOG), sai na frente  com essa notícia, um empresário esteve numa fabrica chinesa e já estuda a possibilidade de implantar  na cidade, os veículos de energia, com sinal wi-fi e  com tecnologia avançada.



Pois GUARULHOS  tem frotas  velhas  e ultrapassadas, já praticamente caindo aos pedaços, agora carros novos poderá trazer mais confortos aos usuários dos transportes coletivos. 


É o primeiro passo, precisamos melhorar  mais como por exemplo a linha do VILA RICA 834, que liga o bairro ao terminal do jardim São João é uma linha precária, tem apenas 4 carros e todos em péssimo estado de conservação, além de não realizar seus horários combinados, chega atrasar por uma hora ou até mais. 

VILA RICA, tem passageiros, pois se encontram no final da Rua Afonso Bezerra, um CONJUNTO HABITACIONAL construído pela PREFEITURA DE GUARULHOS  com mais de 200 apartamentos, mas, não é atendido pelo sistema de alimentação.


Ficou um estudo para  a criação da linha de metro ARMENIA pela EMTU, mas, com a construção da Estação de trem da CPTM, no TABOÃO, só precisa criar uma  outra linha auxiliar para o TERMINAL TABOÃO.

Com preocupação com a qualidade de transportes e conforto dos passageiros o ALEMÃO DO TRANSPORTES, esteve visitando uma fabrica chinesa  para ver os novos veículos que poderão em breve estar circulando em GUARULHOS, acredita-se ser pioneiro, isso é ter uma visão no futuro.

Como está na sua página da rede social : " ....
Bom dia amigos de Guarulhos
Hoje estive visitando a Fabricante Chinesa de Ônibus Elétrico "BYD" que montou sua fábrica em Campinas -SP. Em breve teremos novas tecnologias aqui em nossa cidade, ônibus elétricos que não poluem o ar e com ar condicionado e WI-FI. Detalhe seremos os pioneiros a implantar esse sistema em micro-ônibus no Brasil! 
A nossa população merece!  ... " 


Em vista dos acontecimentos em GUARULHOS, a cidade poderá ser a primeira  a receber esse tipo de veículo elétrico.


O Banco de Fomento da China vai abrir em 2017 uma linha de crédito de R$ 1 bilhão para investimentos no Brasil na construção de ônibus elétricos e painéis solares. 
A linha será aberta para a BYD, chinesa líder do setor e que mantém uma fábrica de ônibus elétricos em Campinas, no interior de São Paulo.
Em fevereiro, a companhia asiática vai abrir na região uma planta de painéis solares. Com essa linha, a BYD vai oferecer aos empresários de transporte público um contrato de leasing.

Cada ônibus elétrico custa R$ 1 milhão, enquanto um modelo comum (movido a combustível) sai por R$ 400 mil. Segundo Adalberto Maluf, vice-presidente de vendas da BYD no Brasil, essa diferença será financiada no prazo de dez anos. As parcelas, segundo ele, serão pagas com o dinheiro que será economizado com combustível e manutenção.
De acordo com técnicos da BYD, cada ônibus elétrico tem vida útil de pelo menos 20 anos. Dessa forma, segundo eles, seria possível até reduzir as tarifas depois de pago o empréstimo.
O assunto foi tratado em uma reunião em Shenzhen, cidade onde está a sede da BYD, entre o presidente da empresa, Wang Chuan Fu, e o prefeito reeleito de Campinas, Jonas Donizete (PSB).
Donizete disse no encontro que, diante da iniciativa dos chineses, vai incluir na licitação do transporte público de Campinas em 2017 a exigência da aquisição de uma cota mínima de ônibus elétricos para as companhias que forem operar na cidade.

Frota elétrica

Atualmente, já circulam em Campinas 11 ônibus elétricos da BYD, que foram comprados pela Itajaí Transporte. Além disso, cinco táxis elétricos operam na cidade do interior paulista.
O ônibus tem autonomia para rodar 300 km por dia usando uma bateria de ferro-lítio, enquanto os carros andam 400 km sem precisar reabastecer.
A BYD também espera, com essa linha de crédito, entrar no mercado da capital paulista, onde há a perspectiva que se aprove, em 2018, um cota semelhante à de Campinas no momento da renovação dos contratos de transporte público. Além de Campinas, Curitiba e o Distrito Federal já operam com ônibus elétricos.

Vale do Silício chinês

Considerada o Vale do Silício da China, Shenzhen será em 2017 a primeira cidade do mundo a ter 100% da frota de ônibus e táxis movida a energia elétrica.
Com 20 milhões de habitantes, Shenzhen espera também inaugurar em 2017 um trem monotrilho elétrico.
Executivos da BYD disseram ao Estado esperar que o governo de Michel Temer retome o Programa de Incentivo à Indústria de Nanocondutores (Padis), que foi derrubado no governo da ex-presidente Dilma Rousseff. No dia 20, a BYD estará no 4.° leilão de energia solar.


Anuncio

Seguidores

CAMPANHA PRA VENEZUELA

CAMPANHA  PRA  VENEZUELA
PRECISA DE AJUDA HUMANITÁRIA

As principais matérias do blog