Nossos Leitores Obrigado Por Ler

PARABÉNS AS NOSSAS MULHERES PELO SEU DIA <<>> ARUNA EXSITIU ? O EXEMPLO PODERÁ SER CONSIDERADO A SER SEGUIDO <<>> MAS, QUEM DÁ A VERDADEIRA INTERPRETAÇÃO A NOVELA OU A BÍBLIA ?





RENATO SANTOS  08/03/2017  Falar da mulher é como falar da vida, ou até mesmo de uma rosa e sua formação, Ela, é especial, para o homem ser a cabeça Ele deveria no mínimo deixar o magismo de lado e entender que sem Elas não somo nada. 



Antes de mais nada, como estamos comemorando o dia Internacional da Mulher, quero deixar registrado um assunto na NOVELA TERRA PROMETIDA, da RECORD TV,  trata-se de ARUNA ela existiu, ou não ? 

Essa pergunta não há resposta, pela única fonte confiável, mas, seu exemplo de esposa poderá ser considerada, uma mulher de fé, ajudadora, companheira, guerreira, fiel a sua fé em Deus, e obediente a seu esposo caso JOSUÉ. Além de dar mais preferencia ao povo do que a seu próprio esposo, um exemplo apenas.

Como se trata de novela, é apenas  ficção temos que tomar muito cuidado para não sermos enganados, a Bíblia em sí não relata o nome da esposa de JOSUÉ, o líder dos Hebreus e sim da sua importância militar para  os Hebreus.

Lembrando-se de ser apenas uma ficção ficou a critério do autor e de seus pesquisadores de mencionar o nome de ARUNA, mas como a Bíblia é a única fonte de Fé e Prática, ainda assim prefiro a sua interpretação e não de homens por mais que esteja com " boa intenção". 

O QUE DIZ  A BÍBLIA :

Onde está na Bíblia o nome da esposa de Josué?

(1) A primeira coisa a dizermos é que não existe na Bíblia o nome da esposa de Josué. Ou seja, o autor não achou que essa informação fosse realmente relevante para ficar registrada. 

Uma das hipóteses para não haver esse registro, é que geralmente apenas filhos de sacerdotes e reis é que davam continuidade na história do pai como sucessores e por isso tinham seus nomes registrados devido a sua importância na história contada.

Josué era um líder do povo de Deus, mas essa liderança não continuou com seus descendentes. 

Pelo contrário, observamos que o juiz Otniel, sobrinho de Calebe, foi quem liderou o povo de Israel na sequência: 

“Clamaram ao SENHOR os filhos de Israel, e o SENHOR lhes suscitou libertador, que os libertou: Otniel, filho de Quenaz, que era irmão de Calebe e mais novo do que ele” (Juízes 3:9).

Josué era casado com Aruna?

(2) A única informação que temos sobre a família de Josué é de seu pai e da tribo a qual pertencia: 

“Disse o SENHOR a Moisés: Toma Josué, filho de Num, homem em quem há o Espírito, e impõe-lhe as mãos” (Números 27:18).  

Ou seja, o pai de Josué se chamava Num e era da tribo de Efraim (Números 13:8).

No entanto, existe um texto que pode nos indicar que Josué era casado e tinha sua família: 

“Eu e a minha casa serviremos ao SENHOR” (Josué 24:15). 

Sabemos que na cultura judaica a família era vista como uma grande bênção de Deus (Salmos 128:3) e que não existia qualquer proibição de líderes se casarem, inclusive, era muito mais comum líderes casados do que solteiros. 

Isso nos leva crer que a esposa de Josué não é mencionada, porém, é altamente provável que ele tenha sim tido esposa e filhos.

De onde surgir Aruna, apontada como esposa de Josué?

(3) Essa esposa de Josué chamada de Aruna que é apresentada nessa história da tevê, surgiu apenas da mente dos autores dessa trama televisiva. 

Como vimos, a possibilidade de Josué ser casado era grande, porém, não existem relatos do nome dessa possível esposa de Josué. 

Qualquer nome que seja dado a uma possível esposa é uma invenção que extrapola o que o texto bíblico diz.


(4) Dessa forma, isso nos ajuda a entender o quão importante é observarmos sempre com muito cuidado aquilo que é pregado, que passa na tevê ou que nos é dito a respeito da palavra de Deus para conferir se realmente consta na Bíblia.

O caso da esposa de Josué é apenas um desses casos. Não vejo que seja um problema essa novela televisiva inventar um nome para a esposa de Josué, mas é importante que as pessoas saibam o que diz os originais do texto bíblico e que aquilo que passa nessa novela não deve ser considerado como um retrato fiel dos relatos bíblicos, antes, é apenas uma trama televisiva baseada em acontecimentos da Bíblia e preenchida com outros detalhes inventados pelos autores. 

Não podemos deixar de buscar sempre na fonte, que é a Palavra de Deus!



Sem uma ajudadora não caminhamos para frente, deveria amar e respeitar, principalmente em casa, onde começa o relacionamento entre filhos e irmãs. 

São Elas, que antes de casar pensam primeiro, será que ele será um bom Companheiro, Pai, esposo, será que posso  confiar nele, por isso o namoro é importante é o primeiro passo a ser dado, depois o noivado, logo casamento e em seguida a famosa frase " até que a morte os separe", isso é viver juntos para a própria vontade de Deus seja comprida.

A  mulher, e ela que fica do nosso lado, que nos da apoio nas horas mais difíceis de nossas  vidas, por falta de amor e compreensão por parte  dos homens, elas tomam caminhos  diferentes e muitas vezes perigosos.

Vamos  ver alguns exemplos bíblicos:

PENSAMENTO: O espírito de obediência é o grande segredo de toda a devoção. A fonte de todo o mal, desde o princípio, tem sido a vontade independente. Obediência é a única condição adequada à criatura, caso contrário Deus deixaria de ser Supremo -- deixaria de ser Deus. Onde quer que haja insubordinação haverá também o pecado. Se esta regra for lembrada, seremos maravilhosamente ajudados por ela em guiarmos nossa conduta.

Que as mulheres cristãs partam de seu estudo das Escrituras determinadas, pela graça de Deus, a obedecer às suas instruções quanto ao seu relacionamento com o homem. Que possam estar prontas a ilustrar, por seu comportamento, a maravilhosa verdade referente a Cristo e à igreja; a ser um testemunho individual de protesto contra o espírito de anarquia deste século; a se gloriar pelo lugar maravilhoso e único que lhes foi. Então Deus será glorificado. Então sua verdadeira utilidade estará plenamente à disposição. Então os homens cristãos as respeitarão profundamente, sendo ajudados e influenciados por elas, e descobrirão o que significa verdadeiramente a maravilhosa palavra --AJUDADORA -- a qual só pertence às mulheres. A. J. Pollock


Se não fosse a coragem delas, hoje não estaria aqui escrevendo para agradecer a uma delas minha mãe, assim como você meu caro leitor (a), que também deve agradecer, e ainda tem, a primeira professora de minha vida, que me ensinou o primeiro passo do alfabeto, a cada momento sempre iremos ter  uma mulher que vai marcar a profunda vida nossas, sendo elas médicas, advogadas, jornalistas, promotoras, juízas e esposa, sem elas verdadeiramente não existiríamos, e até mesmo nossas amigas desconhecidas, através da rede sociais no twitter, e facebook, e até minhas queridas leitoras, obrigado por tudo.

O DIVINO TIPO É ARRUINADO

Além do que já vimos, quando a mulher saiu do seu lugar, arruinou o tipo do homem e da mulher ilustrando Cristo e a igreja. 

Lemos: "Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça de todo varão, e o varão a cabeça da mulher; e Deus a cabeça de Cristo" (1 Co 11:3).

Mas o leitor poderá argumentar que as Escrituras falam de mulheres orando e profetizando (1 Co 11:5); que as filhas de Filipe profetizaram (At 21:8,9), embora jamais tenha sido mencionado que profetizassem diante de Paulo, conforme muitos declaram; e que as mulheres trabalharam com Paulo no Evangelho. 

E o leitor poderá ainda perguntar se isto não prova seus direitos de ministrar publicamente.

Tudo isso mostra haver lugar para um serviço muito propício e abençoado. Quão bom seria se houvesse mais desse tipo de serviço! 

Mas claramente não inclui o ministério , mas o testemunho público diante de uma audiência mista de homens e mulheres. 



Alguém poderá dizer que mulheres evangelistas já foram usadas por Deus.  com toda certeza teriam sido ainda mais usadas se o seu serviço .

"Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros" (1 Sm 15:22).


Há um campo amplo para o ministério das mulheres, entre as mulheres e crianças, reuniões de mães, trabalho com crianças na Escola Dominical, etc., além de poderem ajudar os servos do Senhor de modo semelhante ao das mulheres que trabalharam com Paulo. 

O conforto e o estímulo que uma mulher cristã ativa e piedosa -- movida pelo amor a Cristo e às almas e ainda assim governada pelas Escrituras -- pode prestar é incalculável. Quando encontramos tais mulheres, respeitamo-las profundamente.


Maria ungiu o Senhor para o Seu sepultamento. 

Marta serviu ao Senhor muito bem. Febe foi uma servidora da igreja e socorreu a muitos. Lídia hospedou o Apóstolo Paulo em sua casa. Priscila, sujeita à supremacia e liderança do seu marido, ajudou Apolo a entender melhor os planos de Deus. 

As mulheres trabalharam com Paulo na pregação do Evangelho. Que pudéssemos encontrar as descendentes dessas piedosas mulheres em cada cidade ou vila do mundo! Que serviço apropriado e abençoado! Não há razão para as mulheres se lamentarem das restrições divinas para o seu serviço. Há mais trabalho para elas do que jamais poderiam assumir.

Anuncio

Seguidores

CAMPANHA PRA VENEZUELA

CAMPANHA  PRA  VENEZUELA
PRECISA DE AJUDA HUMANITÁRIA

As principais matérias do blog