Nossos Leitores Obrigado Por Ler

QUEM SUSTENTAVA O FORO DE SÃO PAULO E A SUA CLEPTOCRACIA <<>> ERA A ODEBRECHT <<>> QUE FINANCIOU COM RECURSOS BRASILEIROS A CAMPANHA DE HUGO CHAVES E NICOLAS MADURO <<>> COM DINHEIRO SUJO MANTÉM LEOPOLDO LOPES PRESO <>>> E A TIRANIA NOS PAÍSES ENVOLVIDOS






RENATO SANTOS 09/03/2017    O nosso  dinheiro foi mesmo  para o ralo, a ORDEBRECHT confessou que pagou as Campanhas eleitorais para os governos de  Hugo Chaves na Venezuela e também de Lula e  Dilma. 

ORDEBRECHT FINANCIOU A CAMPANHA DE HUGO CHAVES ( 2011) FOTO ARQUIVO GAZETA CENTRAL ( BLOG)  AGORA ADVINHA QUEM É A MOÇA  NO FUNDO 

Fica uma questão, quando será que veremos de volta esse  dinheiro tirado de  você trabalhador e pior do FGTS, para o BNDS. 

Que retirou o direito de você sustentar a sua família, isso é desviar  nossos recursos para sacrificar os brasileiros, os mais de 12 milhões desempregados e  industrias, lojas, comercio na falência total, já que estamos se tornando  uma republica bolivariana, ou você acha o que aconteceu na VENEZUELA, não vai ocorrer  no Brasil.

E ainda para piorar o quadro " negro"  do País, espera o que o MICHEL TEMER vai terminar de fazer  com a economia, quando você abrir " os olhos", vai ser tarde demais, é meus caros  leitores, não vamos  ter apenas  uma recessão pois essa já vivemos deste 2013. 

Apenas  piorou, você  vai enfrentar a mesma  fila para comprar os alimentos nas redes de supermercados, atacadistas e varejistas e não vai demorar muito. 


Lembra-se da contas inativas do fgts que todos irão de boca na botija, não irá ter mais recursos, lembram-se da bolsa família que o governo esta de chantagem para a reforma da previdência, essa não existe mais, apenas  não observaram ainda.

A  GAZETA CENTRAL ( blog), vinha denunciando deste 2013, que a organização criminosa foro de são paulo, estava  por traz dos governos de LULA, DILMA, HUGO CHAVES E NICOLAS MADURO. 

Mas, quem o sustentava ela ERA a empresa ORDEBRECHT, que desviava recursos financeiros, para ampliar a CLEPTOCRACIA na AMÉRICA LATINA, através do BANCO BNDS, que foi usado para fazer lavagem de dinheiro nacional e internacional.

O PLANO 

Eles  faziam o seguinte esquema, primeiro começou a  envolver todos  os políticos, deputados estaduais + federais + senadores e governadores, isso em mediados anos 2007. 

Logo depois eles tinham pressa LULA E DILMA, lembram quando ela era da Petrobras, mas, no cargo de CONSELHEIRA por debaixo do pano, era tudo já orquestrado. 

Depois  abriram licitações para as Obras de Grande porte, inclusive em São Paulo nas linhas do metro amarela , linas entre outras, o rodoanél e a CPTM GUARULHOS, essas obras estão parando.

Qual a maneira  mais fácil de desviar os recursos que começou com porto de Mariel em Cuba, que estão esquecendo  do assunto.

Para  não deixar o rastro  do dinheiro desviado do Brasil, lembram-se das eleições entre AÉCIO NEVES E  DILMA , claro, que sim, mas o que a imprensa brasileira não sabe que os dados das eleições iam para CUBA, logo  em seguida  o dinheiro da ORDEBRECHT  uma empresa de faxada porém, qualificada, fazia ao mesmo tempo, desviava por via " cabo submarino.


A transferência de dinheiro foi realizada a cabo, conforme Hilberto Silva, através da empresa de João Santana, que trabalhou em campanhas eleitorais em República Dominicana, El Salvador, Angola, Venezuela e Panamá, todas financiadas por Odebrecht.

João Santana, de acordo com a publicação, recebendo recursos em dinheiro e um dos cinco maiores receptores de recursos da Odebrecht, através da oficina que dirigiu o próprio Hilberto Silva.

Desde República Dominicana, Joao Santana e sua esposa Mónica Mãe foi solicitada pelas autoridades do Brasil, as quais os acusados ​​de estar vinculado ao caso de corrupção Lava Jato, escândalo em que também está envolvido a empresa Odebrecht. Ambos, Santana y Moura, foram condenados.

En Brasil, Santana dirigiu a campanha em 2006 levou a reeleição de Luiz Inácio Lula da Silva e as conduziu a Victorias de Dilma Rousseff em 2010 e 2014.

En el exterior, trabajó en la campaña del argentino Eduardo Duhalde (1999), una de las pocas en que no tengo éxito.

Luego, esteve nas campanhas do salvador Mauricio Funes (2009); Del dominicano Danilo Medina (2011) e do angoleño José Eduardo dos Santos em 2012, ano em que também dirigiu a última do fallecido presidente venezolano Hugo Chávez

Anuncio

Seguidores

CAMPANHA PRA VENEZUELA

CAMPANHA  PRA  VENEZUELA
PRECISA DE AJUDA HUMANITÁRIA

As principais matérias do blog